19 de Novembro de 2017
18º/33º
ENTRETENIMENTO » COMPORTAMENTO
09/07/2017

Mulher oferece moradia em troca de serviços de babá e causa polêmica

Muitas pessoas enxergaram a proposta como algo próximo a uma "escravidão moderna"

A designer Patrícia Malizia, 22 anos, causou polêmica no Facebook após postar uma vaga de emprego. Ela, que é mãe solteira, oferece um cômodo em sua casa a estudantes ou "quem busca uma nova oportunidade de viver em São Paulo". Em contrapartida, precisa que a pessoa ajude a cuidar de seu filho Théo, 7 anos, todos os dias de manhã. Quem se candidatar precisa ainda manter a casa arrumada e saber cozinhar.

O anúncio foi publicado no Facebook e recebeu mais de 4 mil comentários, muitos indignados com a oferta. A proposta foi comparada a uma "escravidão moderna", onde o candidato trabalharia como babá em troca de moradia, sem ganhar um salário por isso. "E como fica a pessoa sem renda? Não teria que trabalhar também?", "‘alma gentil’ é eufemismo pra ‘escrava’?" e "Bem-vindo à escravidão!" foram algumas das críticas feitas.

Apesar de não ter sido bem aceita, Patrícia não considera que esteja "procurando uma escrava." Em entrevista ao Jornal Extra, ela explica que foi mal interpretada e que espera criar, no futuro, uma espécie de moradia compartilhada onde mães solteiras possam se ajudar mutuamente. "Não posso pagar uma babá registrada, com o décimo terceiro e férias. Foi aí que surgiu a ideia. No apartamento, caberia muito bem mais uma mãe e uma criança, que dividiriam o quarto com meu filho. Por que uma mão não pode ajudar a outra?", indagou.

Mesmo com toda a polêmica, a designer conta que recebeu várias mulheres interessadas na troca e que está fazendo um processo de seleção para escolher quem morará em sua casa. E disse estar feliz com a repercussão do post, ainda que negativa. Patrícia espera chamar atenção para seu projeto de maternidade comunitária.

Metrópoles
+ VEJA TAMBÉM