18 de Outubro de 2017
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL
11/10/2017

Prefeito recebe visita da Secretaria da Administração Penitenciária

Representantes vieram à Tupã para firmar novas parcerias

Na última semana, o prefeito Ricardo Raymundo recebeu em seu gabinete representantes da Secretaria da Administração Penitenciária para a realização de parceria entre a Prefeitura Municipal e a Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania. Estiveram presentes o diretor responsável pelos convênios, Tiago Azevedo, e a técnica responsável pela Unidade de Atendimento em Tupã, Rosecler Ferreira.

Segundo Resecler, o objetivo da visita foi apresentar ao prefeito Ricardo Raymundo o programa de penas e medidas alternativas e o programa de atenção ao egresso e família, que está implantado em Tupã desde novembro de 2007, e também propor parcerias com as Secretarias Municipais.

"Nosso objetivo, além de apresentar o programa ao prefeito Ricardo Raymundo, foi também realizar com a prefeitura um convênio para que as secretarias possam receber prestadores de serviço comunitário, onde o autor de pequenos delitos possa cumprir sua pena com a realização de atividades em setores públicos, como na limpeza da cidade ou até mesmo em escolas e creches do município", contou.

Segundo ela, na Unidade de Atendimento também funciona a CAEF (Centrais de Atenção ao Egresso e Família), que atua na reintegração de egressos do sistema penitenciário e assistência a famílias de presos, têm por base, o estreitamento dos vínculos familiares, a construção e ampliação da rede social de apoio, parcerias com órgãos governamentais e projetos que priorizam a capacitação profissional e a geração de renda de famílias de egressos.

"O trabalho realizado pela CPMA visa ressocialização do sentenciado, uma vez que não remove da sociedade ou isola o autor do ato criminoso, busca proporcionar ao indivíduo a oportunidade pagar sua pena em liberdade, sendo assim detectadas aptidões profissionais e artísticas no cumprimento da pena. Já os trabalhos desenvolvidos na CAEF são: regularização de documentos pessoais e situações jurídicas, além de apoio psicossocial e encaminhamentos específicos para resolução de problemas de saúde, facilitando assim que o egresso possa buscar uma capacitação profissional ou a inserção no mercado de trabalho", explicou.

De acordo com Rosecler, apesar da Unidade de Atendimento estar instalada há quase 10 anos em Tupã, boa parte da população não conhece o trabalho e seus benefícios para o município.

"A Central de Penas e Medidas Alternativas de Tupã, desde sua implantação atendeu 2.418 pessoas de Tupã e região (Herculândia, Arco-Iris, Queiroz e Rinópolis), sendo estas encaminhadas para pagamentos de cestas básicas, doações de sangue (como uma das propostas) e a prestação de serviço comunitário. É uma alternativa penal de grande valia, pois é um excelente instrumento reeducativo e socialmente útil, onde o infrator não é retirado do convívio social e existe uma maior aproximação e participação da sociedade no seu processo reintegrador", afirma a técnica.

Para finalizar, a técnica ressaltou que a reunião com o prefeito foi apenas para apresentar o programa e propor o convênio, mas a proposta ainda passará pelo legislativo.




Assessoria de Imprensa
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Portaltupacity
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 18/10/2017 05:10
+ VEJA TAMBÉM