19 de Outubro de 2018
18º/33º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Cobogó: versatilidade e personalidade

Além das funções de separação de ambientes e controle de luz, esta criação brasileira da década de 1920 é herança da cultura árabe.

Provavelmente você em algum momento já se deparou com uma parede ou com um muro "meio aberto meio fechado” através de elementos vazados que seguem um padrão. Sabe o que é isso? São os cobogós!

Durante o dia, estes elementos vazados quebram a visão direta e incidência solar no ambiente, proporcionando luz e ventilação naturais. À noite, o jogo de luz e sombra nele aplicado faz do cobogó uma espécie de luminária urbana.

Além das funções de separação de ambientes e controle de luz, esta criação brasileira da década de 1920 é herança da cultura árabe e traz consigo uma linguagem poética ao projeto e ao local.
Veja nossa seleção com alguns exemplos da aplicação deste material tão versátil.







































Ariadne Bukvar
Ariadne Bukvar é formada em Arquitetura e Urbanismo e atua em projetos arquitetônicos e em arquitetura de interiores. Sempre atenta às tendências da área, busca aplicar novos usos para os materiais, sem deixar de lado a funcionalidade e conforto em cada projeto. Apesar de não se prender a um único viés e transitar por diferentes estilos, é apreciadora do contemporâneo com pinceladas rústicas, sendo que a principal característica de seu trabalho, com ênfase na iluminação, a preocupação com a ocupação do ambiente, pois acredita que a necessidade de cada cliente determina a concepção do projeto.
+ VEJA TAMBÉM