23 de Julho de 2018
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Prefeitura realiza busca ativa por cães infectados pela leishmaniose

Trabalho é feito através de coleta de sangue dos animais

A Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está intensificando as ações de prevenção e combate à leishmaniose. O objetivo é fazer uma busca ativa por cães infectados pela doença através da coleta de sangue.

Seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, a coleta do material está sendo feita nos Jardins Aritana, Itaipu e bairros próximos desta região (situada na Zona Leste da cidade) que possui maior incidência de registros da doença.

Vale lembrar que a ação conta com a parceira do curso de medicina veterinária da UniFai. Para a professora da universidade, Silvana Gomes Gonzáles, esta é uma grande oportunidade de oferecer treinamento prático para os alunos.

"Mas o principal intuito é de contribuir com o plano de combate à leishmaniose criado pelo município. Estamos sendo bem recebidos pela população e quanto mais as pessoas ficam abertas a este trabalho, maior é a conscientização”, disse.

De acordo com o responsável pelo Centro de Controle de Zoonoses, Robison Luis Pereira, a população tem colaborado para a coleta de sangue dos animais."Estamos sendo recebidos de portas abertas pelos moradores, que ajudam a controlar os animais e colaboram com o procedimento. É uma região que possui muitos animais nos quintais e nas ruas e que merece uma atenção especial”, explica.

O trabalho continua nos próximos dias e a expectativa é de que cerca de mil coletas de sangue sejam feitas. Robison explicou também que os resultados da coleta levam de 15 a 30 dias para ficarem prontos."Primeiro é feito um teste rápido nos animais e os que tiverem resultado positivo, seguem para o Instituto Adolfo Lutz de Marília, para um exame confirmatório”.

Leishmaniose

A leishmaniose ainda não tem cura e desde que haja autorização do proprietário do animal a eutanásia ainda é a medida mais indicada. Caso o dono note que o animal apresenta perda de peso e de apetite; feridas nas orelhas, focinho e crescimento exagerado das unhas; queda de pelo com maior frequência ao redor dos olhos e febre prolongada, deve entrar em contato com a Secretaria Municipal da Saúde e solicitar uma visita em sua residência.

O telefone para contato é o (14) 3404-2200 e o endereço Rua Paiaquás, 370.O Centro e Controle de Zoonoses oferece ainda orientações gerais quanto ao manejo ambiental, orientação sobre posse responsável dos animais, além de oferta gratuita de castrações para cães e gatos machos e fêmeas.


Equipe da Secretaria de Saúde intensifica buscas por cães contaminados pela leishmaniose


Assessoria
+ VEJA TAMBÉM