17 de Novembro de 2018
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL

Agência do Ministério do Trabalho e Emprego de Tupã está abandonada

A agência foi transferida para o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), localizada na Avenida Tapuias, 907, no mês de setembro do ano passado.

A agência regional do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) de Tupã continua com seus serviços prejudicados, desde que o governo federal desinstalou seu sistema de intranet, com a transferência de atendimento.

A agência foi transferida para o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), localizada na Avenida Tapuias, 907, no mês de setembro do ano passado. Após dez meses em que a agência foi transferida para o novo endereço, o governo federal ainda não readequou e espaço para atender os trabalhadores de Tupã e região.

A agência do MTE possui convênio com as cidades de Queiroz, Quintana, Parapuã, Iacri e Rinópolis. Nesse convênio, a agência de Tupã fornece as carteiras de trabalho e as cidades devolvem um relatório informando a quantidade de documentos emitidos que são encaminhados para a cidade de São Paulo.

Sem o sistema de intranet, a agência está impedida de digitalizar os benefícios do seguro-desemprego, emitir recursos e realizar o serviço pelo procurador web.
Esses documentos são encaminhados, em malotes, para a agência do MTE na cidade de Marília, o que atrasa a conclusão dos serviços.

No caso do atendimento pelo procurador web, o sistema é ativado em Tupã e os documentos encaminhados para Marília. O serviço é concluído em cerca de três dias úteis.

Falta de funcionários

O posto do MTE contava com cinco funcionários: o chefe da agência, dois colaboradores cedidos pela prefeitura, uma recepcionista e uma auxiliar de limpeza. Atualmente, a agência conta com apenas um funcionário, que é o chefe da agência.

Vale lembrar que o benefício do seguro-desemprego está sendo emitido pelo PAT, com limite de 20 documentos por dia.

Diário de Tupã
+ VEJA TAMBÉM