21 de Setembro de 2018
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL

Três foragidos da justiça são capturados em Tupã em um dia

Três foragidos da justiça foram capturados pela Polícia Militar nesta terça-feira (11), em Tupã. De acordo com as informações, a primeira prisão aconteceu por volta das 10 horas, na Vila Abarca. A equipe da Força Tática realizava patrulhamento preventivo pelo bairro e na rua Horácio Gomes da Silva localizou P.C.J. em atitude suspeita.

Ele foi abordado e submetido à revista pessoal, mas nada de ilícito foi encontrado com o suspeito. Em seguida os policiais verificaram a situação criminal de P.C.J. junto à Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (PRODESP) e constataram que havia um mandado de prisão contra ele por crime de furto.

P.C.J foi detido e encaminhado à Central de Polícia Judiciária, onde foi registrado boletim de captura de procurado, sendo posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção Provisória

A segunda prisão aconteceu por volta das 20h20, na rua Floriano Sales, Vila Indústria. Segundo as informações, uma equipe da Polícia Militar realizava patrulhamento nas imediações do terminal rodoviário quando localizou um grupo de pessoas em atitude suspeita.

Os policiais abordaram os suspeitos e ao verificar a situação criminal constataram que eles eram egressos do sistema prisional. Os PMs verificaram também que havia um mandado de prisão expedido pela justiça contra um dos suspeitos, M.J.R., que havia sido condenado à pena de 1 ano e 6 meses de reclusão por crime furto. Ele foi detido e encaminhado à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde permaneceu à disposição da justiça.

A Polícia Militar capturou ainda uma mulher condenada por tráfico de drogas por volta das 23h11 desta terça-feira. De acordo com as informações, a PM recebeu denúncia de que E.C.S., foragida da justiça, estaria escondida em uma residência localizada na rua Yukio Andaku, no Jardim Santa Adélia.

Uma equipe foi até o local e encontrou E.C.S. defronte a uma residência. Os policiais abordaram a mulher, que tinha um mandado de prisão expedido pela justiça por ter sido condenada pela justiça local à pena de 18 anos e 8 meses de reclusão por tráfico de entorpecentes. Ela foi detida e encaminhada à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde permaneceu sob custódia, à disposição da justiça.

Redação Folha do Povo
+ VEJA TAMBÉM