16 de Dezembro de 2018
18º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Casa é destruída por incêndio em Cândido Mota; ex-marido de moradora é suspeito de atear fogo

Segundo os bombeiros, imóvel na Vila Pires foi consumido e chamas ainda ameaçaram casa vizinha. Dona da casa registrou ocorrência relatando que também ficou refém do ex antes do incêndio.

Um incêndio na manhã desta quarta-feira (5) destruiu completamente uma casa em Cândido Mota (SP). O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência na Rua Arlindo Luz, na Vila Pires, mas quando chegou o imóvel já estava tomado pelas chamas.

Segundo o boletim de ocorrência registrado por uma mulher de 27 anos, dona do imóvel, o ex-marido é suspeito de atear fogo na casa. Ainda conforme a denúncia, ele apareceu na noite anterior e, durante uma discussão, chegou a amarrá-la e a mantê-la como refém.

Ação dos bombeiros de Cândido Mota evitou que fogo atingisse casas vizinhas — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação Ação dos bombeiros de Cândido Mota evitou que fogo atingisse casas vizinhas — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Ação dos bombeiros de Cândido Mota evitou que fogo atingisse casas vizinhas — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

A mulher conta que conseguiu acionar a Polícia Militar e que foi levada pelos policiais, junto a seus quatro filhos, para a casa de parentes. O suposto agressor conseguiu fugir antes da chegada da PM.

Na manhã desta segunda, ao voltar para casa, a mulher já encontrou o imóvel em chamas. Segundo os bombeiros, o fogo por pouco não atingiu uma casa vizinha.

Na ocorrência registrada na polícia, a mulher sustenta que o ex-marido é que teria ateado fogo na casa. Ela afirmou que perdeu tudo que estava na casa, como móveis, roupas e alimentos. O homem desapareceu após a ocorrência.








G1
+ VEJA TAMBÉM