18 de Junho de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » BRASIL

Após chuvas, Rio de Janeiro segue em estágio de crise

Temporal já deixou ao menos quatro mortos.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro (COR) informou que a cidade permanece em estágio de crise após as intensas chuvas que atingiram a cidade a partir da noite de segunda-feira 8 e deixaram ao menos quatro mortos. Na Barra e na Zona Sul, a previsão é de chuva forte. No Centro e na Zona Norte, de chuva moderada.

O impacto das chuvas segue sendo sentido na cidade ao longo desta terça-feira. 9. Com a mobilidade afetada, aulas foram suspensas nas redes municipal e estadual. O governador Wilson Witzel (PSC) decretou ponto facultativo nas repartições públicas.

Mortes

No fim da noite desta segunda-feira, o Corpo de Bombeiros confirmou a primeira morte em decorrência dos alagamentos: um homem – que foi identificado como Guilherme Fontes, de 30 anos, um motoqueiro – foi encontrado embaixo de um veículo no bairro da Gávea e afogamento é apontado como causa provável para o óbito. Ele teria caído de sua motocicleta e sido arrastado pela correnteza.

Já duas mulheres, que são irmãs, morreram em um desabamento no morro da Babilônia, no Leme. No mesmo incidente, outra pessoa (tia delas) foi resgatada com ferimentos. A quarta vítima é um homem eletrocutado em Santa Cruz, na zona oeste.


O impacto das chuvas segue sendo sentido na cidade ao longo desta terça-feira


Veja
+ VEJA TAMBÉM