19 de Abril de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL

Mulher alega ter sido impedida de fazer Raio-X na Santa Casa por conta de seu peso

Equipe técnica teria informado que ela não poderia fazer o procedimento porque seu peso era superior a 80 quilos

Uma moradora de Tupã, iniciais E.F., relatou em sua rede social nesta segunda-feira (15) que teria sido impedida de fazer um exame de Raio-X no Hospital Santa Casa de Misericórdia.

A equipe técnica teria informado que ela não poderia fazer o procedimento, porque seu peso era superior a 80 quilos. Sofrendo de dores na região lombar da coluna, ela chegou ao hospital com um encaminhamento de Raio-X feito por uma médica.


Durante o atendimento, a funcionária teria perguntado à paciente seu peso e altura e pediu para que ela aguardasse.

"Quando a secretária voltou, ela veio com a seguinte resposta: seu raio X não poderá ser feito aqui, porque estamos com um equipamento novo e ele suporta somente até 80kg, como a senhora tem mais que 80kg o raio X tem que ser feito em outro local” relatou.

Ao questionar onde o exame deveria ser feito, a funcionária sugeriu uma clínica particular do município. "Eu perguntei se era pago e ela disse que sim. Eu só quero saber uma coisa, o repasse não é feito mesmo assim a Santa Casa?? Porque quem tem acima de 80kg não pode fazer raio X da coluna?? Então que comprem um aparelho que suporte quem pesa acima de 80kg. Se eu não tiver dinheiro para pagar o Raio-x, como vou fazer??”, desabafou na rede social.

O outro lado

Em contato com o Tupacity, a Santa Casa explicou que, de fato, o aparelho não realiza o exame em pessoas que tenham a região lombar ou abdominal com medidas maiores que a capacidade do aparelho, devido à ordens médicas, já que a avaliação dos resultados acaba sendo dificultada. A Santa Casa ainda informou que a paciente lesada pode procurar a administração do hospital e que se coloca à disposição para arcar com o custo do exame.


Ela chegou ao hospital com um encaminhamento de Raio-X feito por pedido médico


Redação Tupacity.com
+ VEJA TAMBÉM