20 de Setembro de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL

Prefeitura atinge 42% da arrecadação no primeiro semestre

Segundo o Portal da Transparência, a prefeitura arrecadou até o dia 30 de junho, R$ 86.673.811,46, o que representa 42,33% da receita de R$ 204.719.550,00 estimada para o ano de 2019.

A Prefeitura de Tupã concluiu o primeiro semestre sem utilizar metade dos recursos previstos para o Orçamento deste ano. Isso acontece porque a peça orçamentária mais um ano foi superestimada.

Segundo o Portal da Transparência, a prefeitura arrecadou até o dia 30 de junho, R$ 86.673.811,46, o que representa 42,33% da receita de R$ 204.719.550,00 estimada para o ano de 2019. No primeiro semestre do ano passado, a prefeitura havia arrecadado R$ 86.655.547,14 e atingido 43,43% do Orçamento de 2018, estimado em R$ 192,6 milhões.

A arrecadação da prefeitura aumentou 3,60% no primeiro semestre deste ano, na comparação com igual período do ano passado, porém, abaixo da inflação, cotada em 3,75%, no ano de 2018.

As despesas da prefeitura (incluindo os restos a pagar) aumentaram 5,66% no primeiro semestre deste ano na comparação com igual período do ano passado. No primeiro semestre de 2018, os gastos da prefeitura foram de R$ 78.025.969,59 e, no mesmo período deste ano, de R$ 82.449.220,09.

Apesar do aumento nas despesas, a prefeitura encerrou o primeiro semestre do ano com superávit de R$ 4.224.591,37. Vale lembrar que a prefeitura possui compromissos financeiros para este ano, como contrapartidas de obras públicas, o que poderá saldar seu caixa ou apresentar déficits na gestão econômica. A prefeitura encerrou o primeiro semestre de 2018 com déficit de R$ 5.629.577,55.

Secretarias

No primeiro semestre de 2019, os gastos da Secretaria Municipal de Saúde tiveram queda de 8,65%, na comparação com o igual período do ano passado. De acordo com o Portal da Transparência, a pasta teve gastos de R$ 18.057.821,18 no primeiro semestre de 2018. Em igual período deste ano, as despesas foram de R$ 16.494.189,89, uma redução de R$ 1.563.631,29.

A Secretaria Municipal de Educação aumentou seus gastos, no primeiro semestre deste ano, em 18,74%. A pasta teve gastos de R$ 15.571.218,44 entre os meses de janeiro a junho de 2018, incluindo o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Em igual período deste ano, essas despesas foram de R$ 18.490.175,74, um aumento de R$ 2.918.957,30.

As despesas da Secretaria Municipal de Planejamento foram reduzidas em 91,58%, passando de R$ 9.527.262,25, no primeiro semestre de 2018, para R$ 801.503,87, no mesmo período deste ano. Vale lembrar, porém, que a Secretaria Municipal de Obras e Trânsito gastou, no primeiro semestre deste ano, R$ 10.018.890,66. O Portal da Transparência não contabilizou as despesas com essa pasta entre os meses de janeiro a junho do ano passado.

Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM