22 de Agosto de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Funcionário é preso acusado de incendiar concessionária da Hyundai em Araçatuba

No carro do funcionário, encontraram dentro do porta-luvas uma porção de maconha.

Um supervisor de 32 anos foi preso acusado de incendiar a concessionária Hyundai Caoa, na madrugada de sábado (13), na avenida Brasília, em Araçatuba. Segundo informações do boletim de ocorrência, ele foi preso na segunda-feira (15) depois das investigações dos policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Ele trabalhava na oficina da empresa.

Depois de providenciar um mandado de busca sobre o possível autor do incêndio, compareceram até a residência do rapaz, que fica no Nova York. Na casa dele, os policiais encontraram diversas peças de carro da Hyundai, como faróis, compressor de ar, bateria, painel de velocímetro, módulo de controle eletrônico e outras peças. No quarto dele, encontraram dentro de uma gaveta um saco plástico com 3 munições calibre 7.62 e outras 6 de calibre 38.

No carro do suspeito, encontraram dentro do porta-luvas uma porção de maconha. O supervisor disse que é usuário da droga. Sobre as munições, ele disse que era de quando ele fez tiro de guerra, mas não tinha nenhuma arma. Também disse que as peças de carro eram peças defeituosas e que iriam para o lixo, mas não esclareceu o que queria fazer com elas.

Ele também negou que as peças eram novas e furtadas. O gerente da concessionária confirmou que os objetos eram da empresa e que o funcionário não tinha autorização para levá-los para casa.

Ele também negou ser responsável pelo incêndio na concessionária. Ele foi preso e conduzido ao Plantão Policial, sendo deliberado prisão em flagrante.


Funcionário é preso acusado de incendiar concessionária da Hyundai em Araçatuba


Folha Regional
+ VEJA TAMBÉM