22 de Setembro de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Sarampo: Marília é o primeiro município do centro oeste paulista com surto

Na região, apenas Marília está em situação de surto. Em Tupã, por enquanto há só um caso suspeito.

No Estado de São Paulo foi identificado, em janeiro de 2019, um caso confirmado de sarampo (primeira cadeia de transmissão); na sequência, em fevereiro, um surto em tripulantes e passageiros de navio de cruzeiro e, em março, um surto intradomiciliar e um surto em ambiente universitário.

Da SE 01 até a SE 32 de 2019, foram registrados 8.609 casos suspeitos de sarampo, 1.319 confirmados, 734 descartados e 6.556 estão em investigação. Até o momento, não houve registro de óbito no Estado de São Paulo.

Segundo o Boletim Epidemiológico do Estado, os casos suspeitos e confirmados estão distribuídos em 50 municípios do Estado de São Paulo, sendo a maioria dos suspeitos e confirmados (90,9%) residentes na Grande São Paulo.

Quanto à taxa de incidência e o número de casos confirmados de sarampo, observa-se que o maior percentual dos casos confirmados concentra-se na faixa etária de 15-29 anos (44,4%).

No presente, as faixas etárias de maior risco de adoecimento encontram-se entre os menores de um ano de idade, 1-4 anos e 15-29 anos de idade.

Na região, por enquanto apenas Marília está em situação de surto. Em Tupã, por enquanto há só um caso suspeito.

Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM