22 de Setembro de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

População pode se vacinar contra sarampo neste fim de semana

Quem não tem tempo de se vacinar durante a semana, pode aproveitar o fim de semana para se prevenir.

Quem não tem tempo de se vacinar durante a semana, pode aproveitar o fim de semana para se prevenir. A Secretaria Municipal de Saúde está desenvolvendo campanha de intensificação de vacinação da tríplice viral.

Nas primeiras três ações foram verificadas 460 carteiras vacinais e quase 100 pessoas foram imunizadas.

De acordo com a enfermeira do Departamento de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha, a campanha teve sua primeira ação na Avenida Tamoios, nas proximidades da Panificadora Ki Pão, na manhã do último sábado (10), quando foram verificadas 273 carteiras e vacinadas 46 pessoas.

A segunda ação foi realizada na Etec "Professor Massuyuki Kawano”, na noite da última segunda-feira (12), com a verificação de mais 170 carteiras e 40 pessoas imunizadas. A terceira ação foi realizada na empresa Tinpavi, quando foram verificadas 17 carteiras e vacinadas mais 6 pessoas.

Joselaine informou também que as próximas ações acontecerão neste sábado (17), a partir das 13 horas, no "Resolve Já” (na Escola de Segundo Turno - Núcleo Fepasa) e no domingo (18), a partir das 17 horas, na sede da Igreja do Evangelho Quadrangular (Rua Brasil, 1.130).

Ela destacou ainda que a Secretaria de Saúde está à disposição para realizar novas ações de vacinação com o apoio de instituições e empresas. "A exemplo da Tinpavi e da Etec, estamos à disposição para novas ações de vacinação. As instituições ou empresas interessadas devem enviar ofício para a Secretaria de Saúde manifestando interesse de participar da campanha”, explicou.

A enfermeira responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Ueji, ressaltou a importância da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

"O público alvo dessa campanha de intensificação são as pessoas que ainda não estão com o esquema vacinal completo”.

Ela também alertou que a doença apresenta grande potencial de transmissão, podendo ser propagada através da tosse, espirro e saliva.

Além disso, várias cidades da região contam com casos confirmados de sarampo. Já em Tupã foi registrado até o momento apenas um caso suspeito. "O registro de casos da doença em cidades da região e a facilidade de propagação do sarampo tornam a vacinação ainda mais oportuna, já que a vacina é a melhor forma de prevenção contra a doença”, afirmou.

Juliana explicou ainda que para estar com o esquema vacinal em dia, as pessoas entre 1 e 29 anos devem ter duas doses da vacina tríplice viral, com um intervalo mínimo de 30 dias; já a população entre 30 e 58 anos de idade deve ter uma dose da vacina.

"O único documento necessário para atualizar a vacina é a carteira de vacinação, sendo necessário o acompanhamento de um responsável para pessoas com menos de 16 anos”, completou.

Com informações Assessoria de Imprensa
+ VEJA TAMBÉM