14 de Outubro de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Homem que pisoteou em mulher na rua foi identificado ao tentar entrar em hospital

Ele foi identificado e preso ao tentar entrar no hospital onde vítima está internada na UTI,

O homem que agrediu a companheira e a pisoteou no meio da rua, na área central de Marília (SP), foi identificado e preso ao tentar entrar no hospital onde vítima está internada na UTI, segundo a delegada o caso, Viviane Sponchiado.

A agressão foi na última segunda-feira (16) e registrada por uma câmera de segurança próxima a Praça São Bento. O homem deu pelo menos 10 chutes na cabeça da vítima, que segue em coma no Hospital das Clínicas.

"Ele [suspeito> estava tentando entrar no hospital onde a vítima está internada e bateu com as descrições físicas das testemunhas. A gente conseguiu identificá-lo, qualificá-lo e vimos que ele é companheiro dela", afirma.

Indagado, o homem negou as agressões e apenas alegou que havia bebido. "Ele nega ter cometido a agressão física, mas as imagens mostram ele cometendo a agressão. Ele afirma que fez uso de pinga no dia”, diz a delegada.

Ainda de acordo com a delegada, o homem já tem histórico de violência doméstica e a mulher havia feito denúncia contra ele.

"Ela já tinha denunciado ele em maio. Moravam em outro município na época e não são de Marília. São andarilhos, mas estão em Marília faz poucas semanas. A gente não tem ideia de quanto tempo eles estavam juntos porque a vítima não pode dar a sua versão em razão do estado grave, mas como eles têm uma ocorrência já registrada em maio, a gente entende que desde maio eles têm um relacionamento”.

O suspeito foi preso temporariamente e encaminhado para a cadeia de São Pedro do Turvo. O caso é investigado como tentativa de feminicídio pela Delegacia de Defesa da Mulher.

As imagens mostram o homem agredindo a mulher, de 28 anos, com socos até ela cair no meio da rua. Ele ainda bate a cabeça dela no chão e dá vários pisões. As imagens são fortes.

Alguns motoristas e pedestres que passavam pelo local assistem às agressões sem esboçar nenhuma reação para ajudar a vítima. Alguns carros até desviam para continuar em frente.

Após espancar a companheira, o homem fugiu. A vítima foi socorrida por moradores e está internada em coma na UTI do Hospital das Clínicas.

G1
+ VEJA TAMBÉM