BRASIL

03/01/2013 -- 10:58

Lei que garante FGTS para empregada doméstica depende de aprovação no Senado

A proposta que amplia os direitos dos empregados domésticos vai valer tanto para os novos contratos quanto para os que já estão em vigor.

A lei torna obrigatórios ítens como o pagamento adicional noturno, as horas extras, o fundo de garantia por tempo de serviço e a jornada máxima de trabalho.

As regras também beneficiam os profissionais que atuam como jardineiros, motoristas ou babás.

A proposta já foi aprovada em dois turnos na Câmara dos Deputados, em Brasília, mas ainda precisa passar pelo Senado.

Alguns direitos, como o pagamento de horas extras, entram em vigor assim que o texto for aprovado.

Outros, como adicional noturno e seguro-desemprego, dependem de regulamentação.

Radio 2
Leia também!
Indústria defende acordo de livre comércio entre Brasil e Estados Unidos
CNI e a representante da indústria dos EUA discutirãor a relação bilateral em encontro que ocorre amanhã em Washington com a participação de cerca de 350 empresários e da presidente Dilma Rousseff
Termina amanhã prazo para renovar contrato do Fies
Para os novos contratos, os juros passarão dos atuais 3,4% para 6,5% e o limite de renda para contratação passará para 2,5 salários mínimos por pessoa
Governo autoriza preenchimento de 1,1 mil vagas no INSS
Travestis e transexuais têm até hoje para pedir uso de nome social no Enem
Tratamento contra aids cresce 30%
Inscrições para alistamento militar terminam 30 de junho
» Veja a lista completa
Home Tupacity

Notícias

Notícias
Brasil
Destaque
Esporte
Região

Destaques

Eleições 2012
Blog
Charge
Comportamento
Colunistas
VC Repórter
Classificados
Promoções
Fale Conosco
Quem Somos
Sua Conta
Expediente
Newsletter
Política de Privacidade
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2015
Google Twitter Whatsapp Facebook