BRASIL

19/03/2013 -- 07:52

Lista de doenças graves, que permitem sacar o FGTS, pode ser ampliada

Uma aboa notícia para quem deseja sacar o FGTS e é portador de doença grave.

É que a lista de doenças que permitem ao trabalhador sacar o dinheiro do Fundo de Garantia, pode ser ampliada por uma decisão da justiça.

O Tribunal Regional Federal da Quarta Região,que atende aos estados do sul, aceitou o pedido de inclusão de mais doenças feito pelo Ministério Público Federal, em ação civil pública que pode beneficiar trabalhadores em todo o País.

Como a Caixa Econômica Federal, que é a gestora do Fundo, ainda pode recorrer, a mudança só valerá após a ação ser julgada.

Hoje o fundo só é liberado em algumas situações definidas, como a demissão sem justa causa, a aposentadoria e a compra de imóveis, além de doenças como Aids, câncer ou outra moléstia terminal.

Pela ação, foram incluídas tuberculose ativa, doença de Parkinson e hepatite C, entre outras.

O dinheiro do FGTS é usado em políticas públicas nas áreas de habitação, saneamento e infraestrutura.

Rádio2
Leia também!
Empregado doméstico demitido sem justa causa já pode pedir seguro-desemprego
O benefício pago será de um salário mínimo por, no máximo, três meses
População brasileira supera os 204 milhões
O estado de São Paulo é o mais populoso, com 44,4 milhões de habitantes
Juros do cartão de crédito chegam a quase 400%
Juros do cartão de crédito e do cheque especial batem mais um recorde
Mais de 70% das indústrias reprovam o sistema tributário brasileiro
Pesquisa da CNI, feita com 2.622 empresários, mostra que o ICMS, a Cofins e as contribuições previdenciárias são os impostos que mais afetam a competitividade do país
​​Volta da CPMF reduz ainda mais a competitividade e prejudica o país
Para a CNI, elevar os impostos vai na contramão do mundo, enquanto outros países reduzem a carga tributária para aumentar competitividade de suas economias
Diminui o pessimismo dos brasileiros, mostra pesquisa da CNI
Mesmo com o aumento de 1% registrado em agosto na comparação com julho, o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor está 10,2% abaixo da média histórica
» Veja a lista completa
Home Tupacity

Notícias

Notícias
Brasil
Destaque
Esporte
Região

Destaques

Eleições 2012
Blog
Charge
Comportamento
Colunistas
VC Repórter
Classificados
Promoções
Fale Conosco
Quem Somos
Sua Conta
Expediente
Newsletter
Política de Privacidade
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2015
Google Twitter Whatsapp Facebook