07 de Dezembro de 2019
18º/33º
ENTRETENIMENTO » COMPORTAMENTO

Halloween: confira 10 filmes para assistir na Netflix

O Halloween está entre nós! Já escolheu seu filme de terro para hoje? Temos dicas!

O Halloween está entre nós! Como a tradicional festa anglo-saxônica não é comemorada no Brasil ao pé da letra, o que resta para a maioria de nós é sentar para assistir algum bom filme de terror.

Como a Netflix segue sendo a fonte mais próxima e acessível de conteúdo para grande parte dos brasileiros, selecionamos aqui 10 boas pedidas do gênero para se assistir neste Dia das Bruxas

Confira abaixo:

Invocação do Mal 1 e 2
James Wan ajudou a revigorar o cinema de terror hollywoodiano com seus dois filmes de Invocação do Mal, que até iniciaram um universo estendido com derivados sobre diferentes monstros. O ápice ainda reside, porém, na eficiência dos dois primeiros filmes do casal Ed e Lorraine Warren, que permanecem emocionantes e profundamente perturbadores.

O Babadook
Tendo algumas das melhores reações críticas para o gênero nos últimos anos, O Babadook é um dos primeiros exemplares da nova leva do "terror adulto”. Baseando-se muito mais na atmosfera e psicologia do que sustos e violência gráfica, o filme de Jennifer Kent é assombroso no retrato de como a depressão se manifesta na forma de um monstro apavorante – e com uma voz torta capaz de provocar arrepios.

Corrente do Mal
Sucesso em diversos festivais de cinema independente durante seu período de lançamento, Corrente do Mal é um bom exemplar do terror analogia. Acompanhando um grupo de adolescentes que é assombrado por uma presença demoníaca que se alastra através do contato sexual, o filme explora bem o silêncio e a sensação angustiante de estar sendo perseguido por algo que não se enxerga.

O Homem nas Trevas
Às vezes não precisamos de elementos sobrenaturais para ficar completamente apavorados, e O Homem nas Trevas prova isso com maestria. O suspense de Fede Alvarez coloca três assaltantes nas mãos de um homem cego que se mostra um verdadeiro psicopata, rendendo uma das experiências sensoriais mais intensas dos últimos anos.

Bruxa de Blair
Seguir o fenômeno de 1999 nunca foi uma tarefa tão bem realizada, mas Adam Wingard fez o melhor que pôde com a continuação surpresa de 2016. O novo Bruxa de Blair traz uma sequência inusitada para o apavorante filme original, e é bem eficiente em criar uma atmosfera aterradora e imprevisível, especialmente no ótimo clímax que nos coloca na casa da Bruxa titular.

Quando as Luzes se Apagam
Antes de se aventurar pelo universo da DC com Shazam! e a franquia Invocação do Mal com o segundo Annabelle, David F. Sandberg estreou com Quando as Luzes se Apagam, adaptação de seu aterrorizante curta-metragem. O resultado é um terror visualmente inventivo e que explora boas possibilidades de uma trama fantasiosa, sendo recheado de ótimos sustos.

A Hora do Pesadelo 3: Os Guerreiros dos Sonhos
Quando o assunto é grandes monstros do cinema, poucos podem ser comparados com o genial Freddy Krueger. E se o primeiro A Hora do Pesadelo se destaca como o melhor da franquia, Os Guerreiros dos Sonhos segue logo atrás como um festival de mortes elaboradas, ideias originais e um misto perfeito de aventura com terror.

Invasão Zumbi
Um dos melhores filmes do gênero a sair nos últimos anos, Invasão Zumbi é uma pequena pérola do cinema sul coreano, que conta uma simples história de mortos-vivos de forma eficiente e empolgante. Pende bastante para a ação e aventura em alguns momentos, mas é inegável que o terror e o suspense sejam fatores essenciais do filme, que se concentra em um trem sendo atacado por zumbis.

Madrugada dos Mortos

Essa é para os fãs de um terror mais imediato. Antes de adaptar Watchmen e trazer o divisivo Batman vs Superman: A Origem da Justiça, Zack Snyder estreava como diretor no remake do clássico de George A. Romero, sendo um dos retratos mais sanguinários e intensos de um apocalipse zumbi que o gênero do terror já viu. Muitos sustos e correria garantidos.

UOL
+ VEJA TAMBÉM