10 de Dezembro de 2019
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL

Delegacia de Serviço Militar será desativada em Tupã na semana que vem

"A Junta de Serviço Militar irá funcionar normalmente, mas a função de delegado, que exerce a parte administrativa, de coordenação, deixará de existir”, afirmou o tenente Luiz Gonzaga.

A partir da próxima segunda-feira, dia 2 de dezembro, a Delegacia de Serviço Militar de Tupã será efetivamente desativada, para atender ao novo projeto do Exército brasileiro, com a centralização dos trabalhos que serão desenvolvidos exclusivamente pelo PRM (Posto de Recrutamento e Mobilização) 02/002, localizado na cidade de Bauru.

"A Junta de Serviço Militar irá funcionar normalmente, mas a função de delegado, que exerce a parte administrativa, de coordenação, deixará de existir”, afirmou o tenente Luiz Gonzaga.

A Delegacia que funciona na Junta de Serviço Militar, na Rua Bororós, 913, atende 12 cidades da região. Com a centralização dos serviços, o PRM da cidade de Bauru passará a atender outras 65 Juntas do Serviço Militar. "Será desativada, apenas, a função de delegado que funciona como um braço estendido para esses atendimentos”, explicou Gonzaga.

O tenente explicou que o PRM é um projeto antigo do Exército, ainda não instalado no Estado de São Paulo que, agora, irá se adaptar a essa mudança. "A partir do dia 2 de dezembro, a PRM começa a trabalhar a todo o vapor”, disse.

O tenente explicou que será transferido para Fortaleza, capital do Ceará, onde realizará funções administrativas no Comando da 10ª Região Militar. "Tupã é uma cidade que me ensinou muitas lições e deixarei essa cidade com muitos ensinamentos”, disse. "Foi uma cidade onde tive bom relacionamento com todos e saio com as portas abertas e com a possibilidade de voltar em breve”, acrescentou.

PRM

Os PRMs são órgãos do Serviço Militar vocacionadas para o recrutamento dos jovens brasileiros convocados anualmente à prestação do serviço militar nas Forças Armadas, congregando ainda todas as atividades de mobilização militar dos reservistas de sua área de responsabilidade.

Essa nova estrutura tem o apoio direto de Organizações Militares Operacionais da Ativa, contando com a experiência dos delegados de Serviço Militar e oficiais mobilizadores selecionados pelo departamento-geral do pessoal e com os recursos da tecnologia da informação, por intermédio do alistamento online.

Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM