17 de Fevereiro de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Polícia Civil de Assis prende integrantes de quadrilha especializada em desvio de carga

Policiais apoiaram operação do GAECO de Maringá

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Assis participaram de uma operação conjunta para prender integrantes de quadrilha de desvio de carga.

Os policiais estavam em apoio a policiais civis e militares que atuam no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Estado do Paraná.

Após investigações em andamento, os policiais prenderam dois integrantes de uma quadrilha que vinha aplicando golpes em empresas, desviando cargas de óleos minerais e combustíveis, repassando a outras empresas, geralmente receptadoras, por preços abaixo do mercado.

Divulgação - Policiais prenderam dois integrantes de uma quadrilha que vinha aplicando golpes em empresas
Policiais prenderam dois integrantes de uma quadrilha que vinha aplicando golpes em empresas


A quadrilha estava sendo monitorada e atuava no desvio de cargas na região de Maringá/PR, com ramificações nos Estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, aplicando golpes em empresas e registrando comunicações falsas de roubos em Delegacias do Estado de São Paulo, geralmente na Capital e Grande São Paulo.

Durante a operação, aproximadamente 32 toneladas de carga de óleo de algodão foram recuperadas e apreendidas. A carga e o caminhão estavam em uma empresa na cidade de Tarumã.

O empresário procurou a reportagem do AssisCity nesta manhã e informou em entrevista que "não tinha conhecimento que a carga era roubada. A carga foi comprada com nota fiscal, com conhecimento de transporte, munido do ticket da balança de pesagem, além de termos pago o preço de mercado e não abaixo do valor", afirma.

Ele também informou que a empresa apoiou a operação policial, dando declaração na mesma noite em que a operação foi deflagrada. "Estamos à disposição da polícia, que deixou a gente como depositários do óleo e caminhão", salienta.

Também foram apreendidos os veículos utilizados pela quadrilha e outros objetos, visando instruir investigações em andamento naquele Estado.

Divulgação - Aproximadamente 32 toneladas de carga de óleo de algodão foram recuperadas e apreendidas
Aproximadamente 32 toneladas de carga de óleo de algodão foram recuperadas e apreendidas


Divulgação
+ VEJA TAMBÉM