27 de Fevereiro de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Mulher de 39 anos morre com suspeita de dengue hemorrágica

Confirmação depende de laudos do Instituto Adolf Lutz. Atestado de óbito tem registro de morte por dengue tipo C, que é a forma hemorrágica da doença

Uma mulher de 39 anos morreu com suspeita de dengue hemorrágica na madrugada de sábado (25), em Pederneiras (SP).

Segundo apurado pela TV TEM, Karin Cristina Gandara Queiroz Vertuan estava internada na Santa Casa da cidade desde quinta-feira (23). Na quarta-feira (22), ela passou por atendimento na unidade e foi liberada ao demonstrar melhora no quadro.

A gerente administrativa da Santa Casa, Angela Kerche, afirmou que uma reunião será feita com a equipe que fez atendimento da paciente no dia do acontecimento junto com representantes da vigilância epidemiológica da cidade.

A prefeitura, a Santa Casa e a Vigilância Epidemiológica de Pederneiras informaram que vão se reunir na manhã desta segunda-feira (27) para discutir o caso.

Divulgação - Karin Vertuan morreu com suspeita de dengue hemorrágica em Pederneiras
Karin Vertuan morreu com suspeita de dengue hemorrágica em Pederneiras


A Santa Casa também afirmou que serão verificados os resultados de exames. A TV TEM teve acesso à declaração de óbito, onde consta "dengue do tipo C", que é a forma hemorrágica da doença.

O documento também descreve como causas da morte choque hipovolêmico, que é a diminuição do fluxo sanguíneo, e o nível baixo de plaquetas no sangue.

A paciente foi enterrada no cemitério municipal de Pederneiras (SP).

Divulgação - Na declaração de óbito, consta
Na declaração de óbito, consta "dengue do tipo C", que é a forma hemorrágica da doença


G1
+ VEJA TAMBÉM