27 de Fevereiro de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Moradores que tiverem criadouros do Aedes em casa serão notificados

Munícipes terão que comparecer no Departamento de Entomologias. Se a intimação não for atendida em 72 horas, serão multados.

A Prefeitura de Tupã começou a notificar as residências com focos e criadouros do mosquito Aedes aegypti.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as notificações serão feitas através de cartas, onde o proprietário do imóvel deverá comparecer no Departamento de Entomologias e Endemias de Tupã, localizado na Rua Piratinins, nº1011, para esclarecer sobre os focos encontrados em sua residência. Caso a intimação não seja atendida em até 72 horas, multas serão aplicadas.

Além das notificações aos proprietários, o setor realiza diversas ações para o combate da dengue, como a aplicação do biolarvicida cepas do Bacillus thuringiensis israelensis (Bti), visitas periódicas às residências do município em busca de criadouros do mosquito e conscientização da população sobre a importância de verificar os quintais semanalmente.

Segundo o chefe do Setor de Combate às Endemias, Marco Antônio de Barros – "Marquinho da dengue”, a Prefeitura realiza diversas ações em todo o município e para ampliar o controle do vetor e evitar novos casos da doença, a população precisa colaborar com o combate à dengue, tomando ações de prevenção dentro de suas residências.

"Já visitamos mais de 6.099 casas e terrenos no município, buscando controlar a proliferação do mosquito da dengue e, para ampliar ainda mais estas ações, a população precisa estar ao lado da Administração, inspecionando suas casas e evitando acúmulo de água”, disse.

Segundo o secretário municipal de Saúde, César Donadelli, a maioria dos criadouros
são encontrados em residências privadas e, por isso, as notificações são necessárias para
alertar a população sobre a importância do combate do mosquito da dengue.

"Já enfrentamos uma epidemia de dengue alarmante em nosso município e para evitar que esse cenário se repita, precisamos tomar atitudes mais radicais. Notificaremos a população que não estiver cooperando com as ações de combate à dengue e, caso isto não seja o suficiente, aplicaremos as multas previstas por lei”, alertou.


Redação Tupacity com informações Assessoria
+ VEJA TAMBÉM