28 de Fevereiro de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » LOCAL

Município registra 10 casos de escorpiões por semana

Equipes do CCZ traçam novos planos de combate

O número de ocorrências com escorpiões alertam o município. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vem contabilizando cerca de 10 casos de picadas de escorpiões por semana.

De acordo com a Prefeitura, devido aos altos números de casos, o CCZ, juntamente com equipes da Unidade de Pronto Atendimento (Upa) e Santa Casa de Tupã, estão formalizando novas estratégias de combate ao animal.

O médico infectologista da Santa Casa, Douglas Batista, falou sobre a importância de apresentar um plano de combate a acidentes com escorpiões, levantando a picada de escorpião como uma hipótese de diagnóstico durante os atendimentos nas diversas unidades de saúde do município.

"Este planejamento para as ações de combate é fundamental para oferecer um atendimento mais preciso e evitar complicações decorrentes de picadas de escorpiões. Picadas de escorpiões podem receber diagnósticos divergentes, especialmente quando as vítimas são crianças, pois o sintoma pode ser confundido com cólicas ou dor de ouvido”, comentou.

O responsável pelo CCZ de Tupã, Robison Luís, orienta a população que em casos de picadas por escorpiões, as pessoas devem ser encaminhadas imediatamente para a Santa Casa de Tupã, pois é o único local que possui o soro antiescorpiônico.

Robison ressalta que o CCZ realiza trabalhos de demanda espontânea (quando a população liga diretamente para o CCZ), e de acidentes, (quando notificados exclusivamente pela Santa Casa de Tupã).

Ainda segundo Robison, as principais formas de prevenção não fogem muito das regras do manejo ambiental, pois o manejo é fundamental para que não ocorra a proliferação de insetos e escorpiões. "É essencial que a população fique atenta para não deixar materiais de construção, madeiras, troncos e cascas de árvores, tocos e entulhos em suas residências”, frisou.

O responsável orienta a população para que se porventura, se depararem com escorpiões e outros animais peçonhentos, não devem tentar capturá-los de forma alguma. "É importante entrar em contato conosco, pois temos equipe técnica treinada para isso. Para entrar em contato com o CCZ basta ligar para o número (14) 3404-2202”, informou.

Equipes do CCZ traçam novos planos de combate
Equipes do CCZ traçam novos planos de combate


Redação Tupacity
+ VEJA TAMBÉM