28 de Fevereiro de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Posto de combustível em Quintana é lacrado por suspeita de falsificação de produtos

Polícia acredita tratar-se de uma quadrilha que vem atuando em diversas cidades do interior com combustível ilícito, roubado ou furtado

Um posto de gasolina que fica às margens da SP-294 no município de Quintana foi lacrado pela Polícia Civil após denúncias de estaria vendendo combustível adulterado.

A operação denominada "Olhos de Lince" foi realizada junto à Secretária da Fazenda e ao Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM), com apoio da Policia Técnica Cientifica de Tupã.

Foram colhidas amostras de Etanol, Gasolina e Diesel e encaminhados para análise na Unicamp, em Campinas.

No local, quatro bombas foram lacradas, sendo que uma delas não apresentava o lacre oficial. Outras três forneciam quantidade de combustível abaixo do registrado nas bombas.

Foram realizados testes rápidos que apontaram de maneira preliminar que o Etanol e a Gasolina estavam adulterados, sendo o combustível de péssima qualidade aos consumidores.

De acordo com a polícia, não foi possível localizar o proprietário do posto, apenas um indivíduo morador de Marília que identificou-se como gerente, mas que não soube informar o nome do proprietário.

Outro detalhe é que no estabelecimento não havia notas fiscais, nem registro dos funcionários, que estavam trabalhando de forma irregular.

A Polícia Civil acredita que trata-se de uma quadrilha que vem atuando em diversas cidades do interior com compra de combustível ilícito, roubado ou furtado e que tenha relação com um outro posto localizado no município de Marília, que inclusive foi fechado recentemente após serem constatadas as irregularidades.

Por fim a secretaria da Fazenda aguarda os laudos oficiais para as providências cabíveis, que pode ocasionar em multa, suspensão e a até a perda definitiva da licença do local se comprovada a adulteração.


Operação do Procon, Polícia Civil e Ipem lacrou bombas de combustíveis de posto na Avenida Tiradentes — Foto: Reprodução/ TV TEM
Operação do Procon, Polícia Civil e Ipem lacrou bombas de combustíveis de posto na Avenida Tiradentes — Foto: Reprodução/ TV TEM


Redação Tupacity/Foto: Ilustrativa
+ VEJA TAMBÉM