08 de Abril de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Homem é baleado durante tentativa de feminicídio em Palmital

O homem de 30 anos foi preso e socorrido à Santa Casa da cidade sob escolta policial

Na noite desta quinta-feira, 20 de fevereiro, um homem foi baleado e acabou preso por tentativa de feminicídio em Palmital.

Policiais militares foram acionados via COPOM para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo na área rural da cidade.

Durante o deslocamento, as equipes se depararam com um homem de 30 anos, que apresentava um ferimento na perna direita por disparo de arma de fogo. Ele relatou que o disparo foi feito por um homem de 40 anos, atual namorado de sua ex-companheira, que teria fugido em uma Saveiro branca com retrovisores vermelhos.

Os policiais socorreram o homem até a Santa Casa de Palmital.

Após o levantamento das informações, os policiais identificaram o autor do disparo e entraram em contato telefônico com ele. O homem disse que agiu em defesa de sua namorada, uma mulher de 34 anos.

Segundo o suspeito, o homem que levou o tiro havia tentado matar sua namorada com uma faca e, por esse motivo, ele usou a arma. Ele também disse que estava perto de Salto Grande, mas iria retornar e se entregar aos policiais, porém até o registro da ocorrência não havia se apresentado.

A mulher, vítima da tentativa de feminicídio, contou que estava conversando com seu atual namorado em frente sua casa, quando seu ex-namorado chegou e tentou agredi-la com socos. De acordo com ela, o atual namorado foi quem impediu a agressão.

Ela contou ainda que o agressor invadiu sua casa pulando o muro, pegou uma faca na cozinha para matá-la e novamente foi impedido por seu atual namorado, que dessa vez sacou uma arma e disparou um tiro. O agressor foi atingido na perna direita.

A mulher apresentou a faca usada, que estava torta, já que o agressor caiu com ela no chão.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao agressor pelo crime de tentativa de feminicídio. Ele permaneceu internado sob a custódia da Polícia Militar.

A vítima e o objeto apreendido foram apresentados na Delegacia de Polícia de Palmital, onde o delegado de plantão formalizou a prisão em flagrante. O agressor, mesmo preso, permaneceu internado na Santa Casa de Palmital, conforme prescrição médica. Ele ficará sob a custódia da Polícia Militar até liberação médica ou segunda ordem.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM