29 de Março de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Casos suspeitos de coronavírus avançam na região: são 31 em 6 cidades

Casos suspeitos estão em Dracena, Panorama, Tupã, Presidente Prudente, Sandovalina e Marília.

Nos últimos dias cresceu o número de casos suspeitos de coronavírus nas regiões de Presidente Prudente e Marília.

Várias cidades da região se comunicam diariamente com essas duas localidades, sobretudo para tratamento médico, o que projeta uma volumosa circulação de pessoas.

Levantamento realizado pelo site Siga Mais nesta segunda-feira (16) mostra que na cidade de Marília são 9 casos suspeitos da doença.

Segundo a administração municipal, todas as suspeitas registram vínculo epidemiológico – ou seja, essas pessoas estiveram em áreas de risco ou tiveram contato com infectados pelo vírus. Em Presidente Prudente são 15 casos suspeitos.

Em Dracena, foi registrado um segundo caso suspeito. Segundo divulgou a Prefeitura na tarde deste domingo (15), um homem, morador de Junqueirópolis, foi internado na Santa Casa de Dracena com sintomas do novo Coronavírus.

Há também um caso suspeito em Panorama, envolvendo um homem de 59 anos. Ele está internado de forma isolada na Santa Casa da cidade, o que foi informado na manhã desta segunda-feira à Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com as autoridades de saúde de Panorama, o homem esteve no início deste mês em na capital paulista onde passou por um hospital para realizar um tratamento de saúde. Já no último sábado (14), o paciente buscou atendimento no pronto-socorro de Panorama, já com alguns sintomas da doença.

Um outro caso de suspeita para coronavírus foi registrado pela Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) de Sandovalina. Trata-se de uma jovem que chegou da Europa na última sexta-feira (13). Materiais já foram coletados e devem ser testados para a doença.

Neste sábado (14) foram confirmados mais dois casos de pessoas que estão sendo monitoradas com a possibilidade de terem contraído o coronavírus em Tupã. A cidade já soma três casos suspeitos.

No total, nas seis cidades, são 31 casos suspeitos. Em Adamantina, segundo divulgou a Prefeitura nesta segunda-feira, não há nenhum caso suspeito para coronavírus. Foi editado um decreto municipal com medidas de enfrentamento à doença (reveja).

Circulação regional

Presidente Prudente e Marília são referências em serviços de saúde, para as cidades dessas duas regiões. Além dessas duas localidades, Dracena e Tupã possuem unidades do AME (Ambulatório Médico de Especialidades). Diariamente, essas quatro localidades recebem pacientes de diversas cidades, em busca de serviços de saúde, muitos dos quais idosos e moradores em vulnerabilidade em razão das enfermidades às quais estão sob tratamento e/ou acompanhamento.

Além disso, a presença de instituições de ensino de referência, como escolas técnicas, faculdades e universidades, em muitas cidades, também atraem estudantes de localidades vizinhas.

Além da suspensão de aulas na rede estadual de ensino, o que envolve as escolas estaduais, escolas técnicas e outras instituições de ensino, a partir desta segunda-feira (reveja), o Governo de São Paulo anunciou novas medidas para intensificar o enfrentamento ao novo coronavírus. Entre as medidas, ficou definido que a partir desta terça-feira (17), todos os funcionários públicos estaduais com mais de 60 anos, excetuando os que trabalham nas áreas de segurança pública e saúde, deverão trabalhar de casa.

A outra medida é o fechamento, também a partir desta terça-feira, de museus, bibliotecas, teatros e centros culturais do Estado de São Paulo por até 30 dias.

Também foi recomendado para o setor privado de entretenimento (teatros, cinemas, casas de espetáculo, etc) que mantenham os estabelecimentos fechados por até 30 dias.

Por fim, foi definido que todos os 153 Centros de Convivência do Idoso ficarão fechados por 60 dias.

Siga Mais
+ VEJA TAMBÉM