29 de Março de 2020
18º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Vacinação contra a gripe começa na próxima semana com horários reduzidos

Horários foram alterados com o objetivo de evitar aglomerações nas unidades de saúde

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza começa nesta segunda-feira (23) e conta com horários específicos (das 13h às 16h30) para evitar aglomerações nos postos de saúde. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a campanha foi antecipada pelo Ministério da Saúde com o intuito de diminuir os casos de gripe H1N1 em todo o território nacional.

Segundo a Pasta responsável, a imunização contra a Influenza é importante para facilitar o diagnóstico do Coronavírus (COVID-19), já que com a população imunizada, os profissionais podem descartar a doença durante a avaliação médica. Além disso, a proteção é importante para evitar que o quadro das pessoas infectadas com o novo vírus se agrave pela presença das duas doenças.

De acordo com a chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Yuri, nesta primeira etapa de vacinação serão imunizados apenas idosos e profissionais da saúde por estarem no grupo de risco do novo vírus.

"Estamos enfrentando uma grande contaminação do novo vírus e, para que possamos passar por esta situação de forma branda, a Campanha Nacional de vacinação contra a gripe será realizada antecipadamente priorizando idosos e profissionais de saúde”, disse.
A enfermeira explicou que os idosos possuem um sistema imunológico mais frágil e, caso contraiam a doença já estando gripados, o quadro de saúde pode se agravar.

"Nesta primeira etapa da campanha daremos prioridade às pessoas que apresentam maior risco ao coronavírus e à influenza, como os idosos. Isto por conta do quadro de saúde dos pacientes, que pode se agravar com a presença das duas doenças no sistema imunológico”, contou.

Já os profissionais de saúde receberão as doses da vacina nesta primeira etapa, pois estarão em constante contato com pessoas que tenham contraído o novo vírus ou estejam com suspeita. "Médicos, enfermeiros e auxiliares da saúde trabalham diariamente para que os casos da doença sejam controlados. Por isso, é importante que haja esta imunização dos profissionais, já que a presença deles é fundamental para o combate à doença”, explicou a enfermeira.

O secretário municipal de Saúde, César Donadelli, ressaltou a importância de os idosos irem até os postos para receberem a dose da vacina. "Como já informamos, é essencial que os idosos sejam imunizados desde o início desta campanha. Desta forma, é provável diminuir os riscos à saúde desta parte da população que pertence ao grupo de risco da doença, que engloba pessoas com asma, fumantes, diabéticos, hipertensos, pessoas com insuficiência renal crônica, pessoas com doença respiratória crônica ou com doenças cardiovasculares”, ressaltou.

Donadelli ainda acrescentou que, caso algum idoso ou acompanhante esteja com sintoma de gripe, como tosse ou espirros, é importante que esta pessoa vá até o posto usando máscara descartável. Assim, é possível evitar o contagio em outras pessoas presentes na unidade de saúde.

"Reforçamos que é de extrema importância a utilização de máscaras descartáveis e, durante a primeira fase da campanha, é essencial que até mesmo os acompanhantes dos idosos que forem receber a dose vacinal estejam utilizando a proteção caso estejam doentes”, enfatizou.


Assessoria de Imprensa
+ VEJA TAMBÉM