22 de Abril de 2021
20º/30º
Notícias - Brasil

Locais de prova do Enem já podem ser consultados

A 12 dias do exame, entidades estudantis pedem novo adiamento.

Os estudantes inscritos no Enem 2020 já podem verificar qual o local onde serão realizadas as provas. A informação está no Cartão de Confirmação de Inscrição para o Exame. O documento ainda traz dados como o número de inscrição, data, hora e está disponível na Página do Participante.

Locais de prova do Enem já podem ser consultados
Locais de prova do Enem já podem ser consultados


Para acessar, o inscrito deve, obrigatoriamente, se cadastrar no portal do Governo Federal, no endereço eletrônico. O login e a senha únicos são necessários para acesso ao Cartão de Confirmação de Inscrição.

Mais de 5,5 milhões de inscrições foram confirmadas.

A estudante de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, Thainá Maciel não teve nenhum problema para acessar a página do participante e já baixou seu cartão de inscrição.

Aos 19 anos e muito precavida a estudante também checou o local de prova e a rota para chegar até lá. Ao ser perguntada se está tranquila para fazer o exame, Thainá respondeu.

A apresentação do cartão de confirmação não é obrigatória. Porém, o Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, responsável pelo exame, recomenda que o participante leve o cartão nos dias de aplicação.

O documento registra se o inscrito deve contar com determinado atendimento especializado, assim como tratamento pelo nome social, caso essas solicitações tenham sido feitas e aprovadas.

As provas na versão impressa do Exame Nacional do Ensino Médio estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de deste ano, porque foi adiado em virtude da pandemia de Covid-19. A versão digital será aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

A 12 dias da realização das provas, entidades estudantis pedem novo adiamento do Enem. Iago Montalvão, presidente da UNE, afirma que a preocupação também é o novo coronavírus.

A assessoria do Inep ainda não se posicionou sobre a questão.
Agência Brasil
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM