30 de Março de 2023
20º/30º
Notícias - Brasil

R$ 18 a mais: salário mínimo vai para R$ 1.320 em maio

Salário mínimo será reajustado para R$ 1.320 a partir de maio e a faixa de isenção do Imposto de Renda vai subir para R$ 2.640

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirmou, na manhã desta quinta (16), que o salário mínimo será reajustado para R$ 1.320 a partir de maio e que a faixa de isenção do Imposto de Renda vai subir para R$ 2.640. O anúncio foi feito durante uma entrevista à CNN Brasil que será exibida no começo da noite.

Em um trecho divulgado pelo canal na programação, o presidente diz que o reajuste já está "combinado com o Ministério do Trabalho, com o ministro [Fernando> Haddad [da Fazenda>, que a gente vai em maio reajustar e estabelecer uma nova regra de salário mínimo que a gente já tinha no meu primeiro mandato".

A regra, segundo Lula, é de que o reajuste do salário mínimo terá a reposição da inflação e o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país), como já vinha adiantando desde o começo do governo e ao longo da campanha eleitoral de 2022.

"Não adianta o PIB crescer 14% e você não distribuir. É importante que ele cresça 5%, 6% , 7% e você distribuí-lo para a sociedade. É isso que vai acontecer, nós vamos aumentar o salário mínimo todo ano. A inflação será reposta e o crescimento do PIB será colocado no salário mínimo", completou o presidente sem citar como vai ser o cálculo dos futuros reajustes.

O reajuste do salário mínimo já tinha sido sinalizado no começo desta semana pelo ministro Luiz Marinho, do Trabalho e Emprego, que dizia estar estudando o orçamento para ver se teria um espaço fiscal para aumentar além dos atuais R$ 1.302, mas sem citar um novo valor.

Gazeta do Povo
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM