16 de Outubro de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Confira 3 dicas para o seu relacionamento afetivo

Andréia Agostin é Terapeuta Neurolinguística (CRTH-BR 8689), com formação em Coaching, Eneagrama, Hipnose, PNL, Pompoarismo, Tantra e Terapia Sistêmica.

Muitas mulheres perguntam: Como ter um relacionamento saudável? Todo relacionamento saudável começa de dentro para fora!

Nesse sentido, escolhi 3 palavrinhas mágicas, mas que faz toda diferença! Vamos conferir?

1. AUTORRESPONSABILIDADE: Seja humilde, embora seu par possa ter posturas desagradáveis, os sentimentos que você experimenta são seus! Observe qual o VERDADEIRO motivo de você se sentir assim e converse! Converse de forma saudável! A melhor maneira de conversar é falando dos seus sentimentos e não do comportamento do seu par, diga que quando ele (a) age "assim", vc se sente "assado"! Por consequência, com o passar do tempo, seu parceiro fará o mesmo também! Através do seu exemplo fiel e assertivo, vc ajuda transformar as atitudes dele.

2. AUTOAMOR: Não dá para ter um bom relacionamento com outra pessoa, se você não se relaciona bem consigo mesma. O mundo está cheio de relacionamentos baseados em cobranças e isso não é bom! A gente só é capaz de satisfazer nosso parceiro (a) quando nossas necessidades estão satisfeitas em primeiro lugar! Caso contrário, vamos estar sempre apontando o dedo para o outro exigindo de volta tudo aquilo que fizemos por ele (a).

3. AUTORRESPEITO: Quantas vezes você já ultrapassou seus limites pessoais para agradar seu par? O fato é que quando você não se respeita, também não saberá respeitar o outro. Há quem se esgota para dar conta de tudo, sob o argumento de que se deixar pelo outro, as coisas não fluem... Mas será que isso é mesmo uma verdade? Eu costumo dizer que onde tem um tem folgado, tem também um afobado. Experimente agir diferente e tenha paciência para esperar os resultados, eles tardam, mas não falham.

Tudo que começa com "auto", é sempre muito bem-vindo nas relações interpessoais.
Saiba que autoestima, auto cura, autoconhecimento, auto perdão, dentre qualquer outra coisa que comece sempre por você mesma, faz toda a diferença.
Adquira a habilidade de ser a pessoa mais importante da sua vida!
"Seja a mudança que você quer ver no mundo" e tudo fluirá mais leve!
Colunista
Andréia Agostin
*Andréia Agostin é Terapeuta Neurolinguística (CRTH-BR 8689), com formação em Coaching, Eneagrama, Hipnose, PNL, Pompoarismo, Tantra e Terapia Sistêmica. Casada há 22 anos, Andréia possui 3 filhos (15; 7; e 3 anos). Foi professora de ballet e dança de salão por mais de 15 anos. É advogada e empresária da Maxi Educa.
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ NOTÍCIAS RELACIONADAS
+ VEJA TAMBEM