23 de Janeiro de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

ESPAÇO E TEMPO ACABARAM

Roberto Kawasaki é economista pela FEA-USP, Professor dos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Engenharia de Produção da FACCAT e articulista do Tupãcity.

Estamos em pleno século XXI e com problemas da idade média, contudo inúmeras autoridades e personalidades públicas e privadas insistem em tomar medidas insanas e totalmente desconectadas do bom senso. Senão vejamos.

Somar capazes de produzir alimentos para toda a humanidade com produtividade ímpar, sem que houvesse um ser humano sequer na face da Terra passando fome. Entretanto, milhões passam fome.

Ainda há muito em recuperar o meio ambiente em que vivemos, com medidas extraordinárias em reflorestamento, recuperação de matas ciliares, recomposição da flora e fauna, através de avanços científicos e tecnológicos. Entretanto, continuamos a degradar nosso lar, utilizando o meio rural com técnicas rudimentares extrativas de baixíssima produtividade.

As Engenharias e Arquitetura e Urbanismo evoluíram em patamares inimagináveis, para fabricar tetos a todos os seres, viabilizando a geração de milhões de empregos para combater o desemprego e a desocupação de profissionais da construção civil. Entretanto, milhões continuam sem teto, sem condições dignas de habitação.

O ser humano soube construir Padrões Educacional, Artística e Cultural de dimensões globais e altíssimas diversidades, com riquezas memoráveis. Entretanto, gastos militares voltados a promover guerras, continuam a promover confrontos, mortes, mutilações, segregações, humilhações de todo tipo, desumanidades sem fim.

Sem que tenhamos alcançado patamar digno em ocupação da face da Terra, seja urbana e rural, através da degradação dos usos inadequados da água, do ar e do solo, gerando lixos, poluição, erosões, descontrole climático, com inundações, secas, etc. Entretanto, bilionários investem mundos e fundos na exploração espacial.

A fantástica evolução da Tecnologia da Informação e Comunicação dos dias de hoje permite acesso universal ao conhecimento. Entretanto, não impedem que radicais ideológicos difundam fake news nas mídias sociais.

O caminho da paz é obtido quando o desarmamento crescente de pessoas seja norma mundial, assim foi os trilhos das hoje nações desenvolvidas. Entretanto, alguns querem armar a população como saída para conter a violência.

Poderia continuar com as contradições. Entretanto, meu espaço e tempo acabaram.

Vale destacar que este é um artigo de opinião com apenas os posicionamentos do colunista Roberto Kawasaki.
Colunista
Roberto Kawasaki
*Roberto Kawasaki é economista pela FEAUSP, Professor dos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Engenharia de Produção da FACCAT e articulista da Folha do Povo e do TupaCity.com
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM