08 de Março de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

MAIO: MÊS DA PAZ E DA ALEGRIA

Amados irmãos e irmãs,
Da Igreja Particular de Assis-SP,
Que a força do Espírito de Deus,
infunda em seus corações muita paz e alegria!

O mês de maio é pleno de riqueza e beleza. Concluímos o tempo pascal com chave de ouro no grande acontecimento de Pentecostes. Último domingo de páscoa, em que Jesus ressuscitado da morte revela-se aos discípulos transmitindo-lhes vida nova pela força da infusão da paz divina e do Espírito Santo de Deus. É Pentecostes! Festa cristã que gera a Igreja de Jesus Cristo. Em Pentecostes a Igreja verdadeiramente nasce e inicia a sua missão, que nada mais é que a continuação da missão de Jesus. Maio celebramos a vida de Deus que dá frutos, a vida da Igreja discípula e missionária. Para a pessoa de fé não há alegria maior que a certeza da existência de Deus ressuscitado, fonte portadora do Espírito paráclito que continua nos fortalecendo através da sua constante assistência na vida de toda a Igreja. Por vontade do próprio Deus a Igreja é constituída por todos nós, apesar de nossos pecados que não são poucos e leves. A alegria que nos enche de satisfação é encontramos na Igreja o consolo do pesar de nossos pecados diante do coração paterno e materno de nosso Criador, pois a atuação da Igreja, é revelar a ação misericordiosa de Deus, que sempre nos redime e inclui.

Como excelente representante da Paz Divina, exemplo de forte experiência no Espírito de Deus, magnifica discípula e missionária, não encontramos em nenhuma outra pessoa depois de Jesus, tamanha sabedoria e dedicação que se compare com a da venerada Santa Maria, Mãe de Deus e nossa e de toda a Igreja. Maria representa a vida de fiel esposa e mãe cuidadosa. É a mulher de Deus. Em Maria a Igreja constantemente aprende a ser mãe. Em maio dedicamos especial veneração a Nossa Senhora que revela-se em Fátima, cidade de Portugal.

Maio é o mês de todas as queridas mães, falecidas e vivas, as quais encontram em Maria sempre uma feliz proteção e inspiração. Não é por acaso que também é convencionalmente considerado o mês das noivas. Tal convenção é merecedora de diversas hipóteses encontradas nas origens da tradição europeia. Partindo da experiência natural dos povos habitantes do velho continente é significativa a razão em adotar o mês de maio como o preferido das noivas. Maio é o mês que acolhe a chegada da primavera. Depois de um prolongado período intenso de inverno onde tudo parece desfalecido, com as folhas das árvores que caem, com as flores que desaparecem, com os animais que se recolhem para hibernar, com as pessoas que tornam-se mais reclusas protegidas por aquecedores em seus lares suportando em seus corpos o peso de possantes casacos, o sintoma comum é melancólico. A natureza escurece, tudo parece triste, depressivo e morto.
Com a estação da primavera tudo ressuscita, o sol penetra as trevas, a vida da natureza ressuscita com novo vigor, os campos florescem, as árvores que pareciam secas renascem com novas folhas e flores, tudo isso é ansiosamente esperado e acontece porque é maio, é primavera, é vida, paz e alegria. Uma nova esperança é comunicada pelo visual do novo cenário natural. É o milagre revelado pela mãe natureza. É o sinal da força de Deus, que do nada tudo cria. Nesse tempo de fertilidade é próprio para se pensar na importância da vida matrimonial. Valorizemos a condição de tantos jovens, moços e moças, cheios de expectativas e alegria sonham com a vida matrimonial. O desejo de constituir família é um estado vocacional voltado à vida, o qual encontra maior exemplo na própria pessoa de Nossa Senhora, mulher devota à família e à missão de Deus.

Nesse tempo plenificado de Espírito, roguemos pela mãe Igreja para que continue sempre corajosa como fiel defensora e promovedora da vida em meio à tribulação histórica. O Papa Francisco sonha com uma Igreja em saída. Que a Igreja continue sempre com mais vigor a galgar os passos de Jesus. Os tantos filhos de Deus, sofredores dos tempos atuais que aspiram por paz e alegria, necessitam do amparo do coração da Igreja, do Coração de Maria. Por intercessão da Santa Mãe de Deus, a Senhora de Fátima, que o Senhor Bom Pastor abençoe todas as nossas famílias. Um Feliz Pentecostes!

Em Cristo Jesus Paz e Esperança!


DOM SIMÃO
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM