26 de Outubro de 2020
20º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

PARA: VOCÊ

"Mas enfim, estou aqui apenas lhe dizer três coisas. Que você consiga praticar a paciência, compreensão e a ressignificação."

Victor B. Neves*

Olá, tudo bem? Espero que sim... Na verdade eu estou vendo mesmo que este momento anda tudo um pouquinho complicado, tudo um pouco diferente, mas espero que esteja tudo bem...
Eu decidi vir até aqui, lhe dirigir algumas simples palavras.

Eu andei te observando e gostaria de dizer que estou tão orgulhosa! Meus parabéns pelos momentos de qual me orgulho de ti, pelos instantes que já tenha conseguido descobrir qual é o sentido disso tudo. E boa sorte também, porque na verdade não descobriu ainda nem a metade e provavelmente não vai. E até mesmo por alguns momentos, que andou não apenas achando, mas tendo certeza de que já descobriu o real sentido de alguma coisa, ou até mesmo disso tudo também. Parabéns novamente, mas agora te desejo mais sorte do que antes, porque além de não ter descoberto nem a metade, está achando que pode ter a certeza sobre algo, quando não pode ter nem sobre si próprio.

Mas enfim, estou aqui apenas lhe dizer três coisas. Que você consiga praticar a paciência, compreensão e a ressignificação.

Paciência para compreender, compreensão para ressignificar e ressignificação para conseguir filtrar e dar novos significados para situações da sua vida, que você ache que não tenha mais saída. Há sempre um novo olhar, uma nova perspectiva, por mais difícil e dolorido que seja, sempre existe um novo significado para aquilo de fato, e não só apenas o que você consegue enxergar neste momento. Há inúmeras formas de enxergar um único acontecimento, uma única situação, um único momento, você só tem que estar aberto a pelo menos tentar, e não desistir de você, de nós, mesmo quando achar que nada mais pode mudar...

Os seres humanos são pessoas incompreendidas, buscando compreensão, não só dos outros, mas como de si mesmos. Não apenas para atitudes, mas também para sentimentos, pensamentos, desejos e até angustias. Compreensão para ser empático, ser amoroso, ser lar quando precisa, ser além de tudo, família. Principalmente a si próprio!

Mas para compreender, tem que existir paciência nas turbulências e inteligência nas travessias de cada conflito...
Esse é um dos mistérios, esse é um dos prazeres de estar aqui, estar constantemente se redescobrindo e dando novos significados tanto para acontecimentos, quanto para si mesmo. Afinal, não existe certeza.

Tudo seria muito mais fácil se tivesse um manual de instruções, mas qual seria a graça? Seria como ler a última página de um livro e dizer que é bom, que aproveitou e viveu ele completamente. A sensação ao termina-lo é prazerosa, mas a sensação de estar lendo e vivendo cada página, acompanhando cada capítulo, é fantástica! E isso se encaixa também para você!

Sempre há o que aprender e o que descobrir, algo novo para viver. Portanto, permita-se viver, sentir-se, cair, levantar e transbordar, aliás, a alegria de tudo está no processo e não quando acaba! E se não fosse isso, eu não estaria aqui, você não estaria aqui, nós não estaríamos aqui, e eu, não me chamaria, e você teria, uma...
Vida!

DE: VIDA
Victor Breno Neves
*Victor B. Neves é estudante de psicologia na Faculdade da Alta Paulista (FAP), associado do Leo Clube de Tupã. Escritor, compositor, vocalista e baterista da Banda Vepp, também residida na cidade de Tupã. Victor busca de diversas formas pensar e repensar sobre os pré-conceitos que temos, sobre nós mesmos, nosso dia-a-dia e nossa vida. Sendo assim, tentando estar diariamente ressignificando o próprio sentido e o próprio sentimento.
+ VEJA TAMBÉM