22 de Abril de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Teoria da conspiração?

Enquanto países como Israel, modelo de nação para Bolsonaro, lideram o processo de vacinação contra a Covid-19, ou EUA que, com Biden demonstra capacidade extraordinária de vacinação, após o desastre de Trump, o Brasil continua devagar e completamente perdido no combate da pandemia.

O Governo Bolsonaro em dois anos de seu mandato, que deverá ser único, haja vista as derrotas fragorosas que, junto com o PT, sofreu nas eleições municipais de 2020, já apresenta seu quarto Ministro da Saúde.

Evidência mais transparente da incompetência com que lida a pandemia. Se não bastassem os mortos que crescem diariamente em decorrência da Covid-19, os infectados e hospitalizados, esgotando o sistema de saúde, por não serem devidamente tratados, por falta de equipamentos, materiais, remédios, UTIs, Enfermarias.

Enfim, a ausência total de coordenação nacional, pois afinal de contas, são 4 ministros da Saúde, que não tiveram continuidade no processo de estabelecer uma política nacional de combate da pandemia, as rixas com Governadores e Prefeitos, as medidas equivocadas como a recomendação da Cloroquina, o descontrole na aquisição de cilindros de oxigênio, e o que evidencia o total descaso com a recuperação da Economia Brasileira, haja vista que o caminho da retomada da normalidade, como Israel, passa necessariamente pela vacinação em massa de brasileiros e brasileiras.

O que convenhamos, não ocorreu, pois faltou planejamento na compra antecipada de vacinas no ano passado. Com isso, Governadores e Prefeitos tiveram que fechar e abrir atividades econômicas, tentando administrar pressões e contrapressões de segmentos da sociedade, que erroneamente entendem que a Economia pode funcionar normalmente sem se importar com o andamento da pandemia. Como se o acompanhamento de infecções, mortes, internações em enfermarias e UTIs, não tivessem nenhuma correlação com as atividades econômicas que exigem aglomeração de pessoas.

Basta que lembremos da pandemia da gripe espanhola, que cerca de 100 anos atrás, já exigia naquela época, de pouco desenvolvimento científico e médico, medidas de isolamento, de higiene, de máscaras, pois é dessa forma que se trata de epidemia de vírus. Hoje é mesma coisa, quando não se conhece adequadamente o mal, medidas que possam nos resguardar, nos proteger. Tem sido assim no mundo todo, há pelo menos um século.

O tempo está provando que a Ciência tem total razão. Basta se submeter com humildade e simplicidade a ela. Chega de teoria da conspiração.

Roberto Kawasaki é economista pela FEA-USP, Professor dos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Engenharia de Produção da FACCAT e articulista do Tupacity.
Roberto Kawasaki
*Roberto Kawasaki é economista pela FEAUSP, Professor dos cursos de Administração, Sistemas de Informação, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Engenharia de Produção da FACCAT e articulista da Folha do Povo e do TupaCity.com
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM