22 de Janeiro de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

UM LUGAR AO FOGO: Qual a melhor lareira para seu espaço?

Moramos em uma região de clima quente e os dias de inverno são curtos, mas me diga, não dá vontade de ter um fogareirinho por perto pra quando aquelas noites frias chegam e precisamos nos encher de cobertores e várias camadas de blusas mesmo dentro de casa?

É claro, existem os aquecedores, mas na minha opinião eles não se comparam ao charme, calor e conforto que as lareiras trazem ao ambiente. Vamos ver alguns modelos e as diferenças entre eles e, ao final, você pode encontrar uma lareira pra chamar de sua e incluir na sua lista de desejos.

À LENHA

A lareira a lenha é a opção mais conhecida e muito tradicional em lugares frios. Feitas em alvenaria, com necessidade de chaminé e muitas vezes revestida com tijolinhos ou pedra, ela tem um charme único, mas pode ser difícil de ser acendida, além de causar fuligem. Para este tipo de lareira, tenha um espaço por perto para armazenamento das lenhas que serão utilizadas para o fogo.



ELÉTRICA

Este tipo de lareira dispensa a chaminé e não propaga o confortante cheirinho de madeira queimando. A instalação dela é fácil, podendo ser posicionada em uma parede, basta que ela seja ligada a uma rede de energia elétrica. Seu acendimento/acionamento é feito a partir de um botão de liga e desliga através de um controle remoto. Existem modelos bem modernos que apesar de aquecer, não geram chamas reais, dando um efeito virtual como que a imagem do fogo uma televisão ligada. Um grande benefício é a ausência de sujeira após o uso. Por funcionar a base de energia elétrica, fique atendo ao tamanho necessário para o ambiente e, quanto mais potente a lareira, mais ela tende a gastar.



ECOLÓGICA (à álcool/etanol)

A lareira ecológica recebe esse nome porque usa de um álcool a base de etanol, substância renovável e menos poluente. Esse tipo de aquecimento dispensa o uso de lenha, limpeza posterior e energia elétrica. Entre as vantagens da lareira a etanol é que esse modelo não faz fumaça e não gera fuligem, por isso não necessita de chaminé. Há diversos modelos desse tipo de lareira que são compradas prontas em tamanhos que variam de 30 cm a 1m. Outra possibilidade na hora da compra é adquirir apenas o queimador que pode ser embutido em alguma parede, ou ser instalado em uma base móvel. A lareira ecológica, é ideal para quem não dispensa chamas de verdade, não quer ter aumento na conta de energia e ainda está em busca de um modo de aquecer prático e sofisticado.




À GÁS

A lareira a gás é mais uma opção de aquecimento que dispensa o uso de lenha, e por isso não gera fuligem e não requer o uso de dutos para fumaça. Para a sua instalação, é preciso que o item tenha ligação com gás (pode ser através de botijão ou encanado) e fonte de energia para o acendimento. Dentro deste tipo existem dois modelos: a lareira linear e lenho cerâmico. A linear é um modelo usado sobre base de alvenaria e utiliza pedras vulcânicas em sua base, já o lenho cerâmico consiste em pequenos pedaços de lenha artificial que simula uma lareira tradicional, mas não há queima da lenha.




VIRTUAL

Para os amentes de tecnologia, a lareira virtual ? também chamada de lareira digital - boa aposta, ela simula fogo através de tecnologia 3D. Este tipo de lareira não causa sujeira, nem fumaça, não usa lenha e ainda sim é capaz de aquecer o ambiente. A lareira digital pode ser embutida na parede ou pendura na parede como um quadro, e além de aquecer ainda é possível controlar a luminosidade gerada pelas chamas 3D.



DE FERRO / METAL

Em meio a tantas opções de acendimento e chamas, outro ponto a se escolher ainda é o material que a lareira é confeccionada. Entre tais opções há os modelos em metal, como é o caso dessa lareira a lenha em ferro. O modelo rústico lembra até um forno e dá ares mais industriais a decoração. Para uma decor moderna, é possível usar o inox nas molduras da lareira e dar um toque clean e sofisticado ao ambiente.



SUSPENSA

A lareira suspensa é um modelo bem diferente do tradicional, e capaz de deixar o ambiente lindo, já que o item fica fora do chão e apoiado por uma chaminé ou base vertical. Quando feita em metal e cores escuras deixa o ambiente com toque rústico e industrial. Esse modelo estrutural pode variar de acordo com a chama que será utilizada. Dá para usar madeira e criar uma lareira a lenha suspensa, recorrer as chamas artificiais ou modelos com outros tipos de acendimento.



PORTÁTIL

A lareira portátil tem se tornado a preferida dos consumidores, e isso se deve ao fato do modelo não ser fixo, o que permite levar a lareira para diferentes cômodos da casa. Dá até para usar o modelo sobre a mesa de jantar, e além de aquecer o cantinho durante a refeição, ainda cria um clima romântico. O modelo portátil costuma ser encontrado para as churrasqueiras ecológicas, já que dispensam qualquer tipo de duto e ligação, sendo também muito utilizada em ambientes externos. É possível comprar esse tipo de aquecimento já pronto em bases pequenas, ou com rodinhas para facilitar no deslocamento. Esse tipo de lareira costuma vir com laterais de vidro que protegem contra acidentes e ainda combina com diferentes estilos de base, como madeira e ferro.



E aí? Alguma destas lareiras cativou sua ideia? Espero que tenham gostado de ver e saber um pouquinho mais sobre esse item que agrega tanto em nossos ambientes. Até mais!
Ariadne Bukvar
Ariadne Bukvar é formada em Arquitetura e Urbanismo e atua em projetos arquitetônicos e em arquitetura de interiores. Sempre atenta às tendências da área, busca aplicar novos usos para os materiais, sem deixar de lado a funcionalidade e conforto em cada projeto. Apesar de não se prender a um único viés e transitar por diferentes estilos, é apreciadora do contemporâneo com pinceladas rústicas, sendo que a principal característica de seu trabalho, com ênfase na iluminação, a preocupação com a ocupação do ambiente, pois acredita que a necessidade de cada cliente determina a concepção do projeto.
+ VEJA TAMBEM