07 de Março de 2021
20º/30º
Notícias - Destaque

Cresce a procura por apartamentos compactos em São Paulo

Os imóveis pequenos são uma ótima solução para jovens, solteiros e casais sem filhos que querem morar em um bairro mais valorizado.



Com o crescimento constante e a rotina cada vez mais corrida da cidade de São Paulo, os apartamentos compactos tornaram-se alternativas financeiramente acessíveis e aconchegantes para quem busca qualidade de vida e mais praticidade no dia a dia.

Assim, encontrar uma kitnet para alugar em SP se tornou uma prioridade para muitas pessoas, especialmente aquelas que vivem sozinhas ou os casais que ainda não tem filhos. Entenda mais sobre essa tendência.

O que são apartamentos compactos?

Esse é um modelo de moradia que surgiu nos Estados Unidos e foi adotado por muitos países ao longo dos anos. Em São Paulo eles se popularizaram depois de 2015, quando houve mudanças no Plano Diretor da cidade. De acordo com esse conjunto de regras que determinam o crescimento da cidade num período de 20 anos, prédios altos só podem ser construídos em áreas próximas de estações de metrô ou terminais de ônibus.

Quais são as vantagens desse tipo de apartamento?

Esse tipo de moradia traz muitas vantagens tanto para investidores quanto para moradores, principalmente quando comparados com casas ou apartamentos de grande extensão e nas mesmas regiões. Entenda os principais benefícios nos tópicos abaixo:

Praticidade e boa localização

Apartamentos de um quarto ou do tipo studio, com ambientes integrados e uma média de 45 metros quadrados têm como objetivo trazer mais praticidade em ambientes reduzidos que são mais fáceis de cuidar no dia-a-dia, mas sem abrir mão do conforto. O grande diferencial é a localização pois geralmente estão em áreas estratégicas de São Paulo onde existe boa infraestrutura de serviços, mobilidade urbana e lazer. Você pode, por exemplo, optar por um flat em Moema.

E mesmo com a pandemia de Covid-19 e a adoção de trabalho no estilo home office, muitos setores não podem parar e outros já retomaram as atividades presenciais, fazendo com que morar próximo dos locais de trabalho seja ainda vantajoso pois permite que, mesmo sem um carro próprio, seja possível se deslocar para o emprego sem precisar de transporte público.

Além disso, muitos desses imóveis estão em edifícios que oferecem algumas facilidades aos moradores, como os espaços de uso compartilhado adaptados para os tempos atuais: coworking, convenience service, lavanderia e espaços de lazer abertos.

Melhor uso dos espaços

Por conta do espaço reduzido, o cuidado das construtoras tem sido redobrado para que haja um melhor aproveitamento dos lugares disponíveis e da luz nos ambientes. E são justamente os detalhes que fazem toda a diferença. Mesmo em apartamentos compactos, detalhes na decoração e no aproveitamento da iluminação natural contribuem para dar a impressão de que o apartamento se pareça maior.

A utilização de espelhos, tintas claras, janelas grandes e pontos de iluminação artificial estratégicos são alguns elementos que ajudam a expandir o espaço visualmente. Móveis em tamanho adequado e bem distribuídos também podem contribuir para deixar o ambiente mais organizado e com espaços para uma circulação livre.

Menos despesas com manutenção

O investimento inicial desse tipo de imóvel é bem chamativo. Se compararmos, por exemplo, com os imóveis de três ou mais quartos, ou com os que têm áreas externas, os apartamentos compactos têm um valor menor. Mas não é o preço de compra do imóvel que é atraente. As despesas de manutenção que se tem com esse tipo de apartamento também são menores.

Gastos com IPTU e com limpeza é um exemplo. Se o morador decidir terceirizar a arrumação do local contratando uma faxineira ou diarista, o processo será mais simples e rápido. Há praticidade também em mudanças, pois é muito mais fácil retirar ou trazer os móveis, já que a quantidade será reduzida.

E como as áreas são reduzidas e planejadas, não há uma grande quantidade de equipamentos e instalações, o que facilita a manutenção e a realização de consertos.

Atende aos mais diferentes tipos de públicos

Além dos espaços bem planejados para o conforto e a praticidade do dia a dia, o custo-benefício também é um grande atrativo para os imóveis compactos. Eles foram o tipo de residência que mais teve procura na cidade de São Paulo nos últimos anos devido à nova perspectiva dos consumidores atuais e das gerações mais novas que priorizam praticidade, liberdade e valores reduzidos.

E o perfil de moradores é amplo, vai de estudantes e pessoas solteiras que desejam sair da casa dos pais, recém-casados ou casais que decidiram não ter filhos e tem um estilo de vida urbano, até pessoas idosas com filhos crescidos que buscam um apartamento menor, sem muitos quartos ou espaços que não sejam aproveitados.

Para quem busca um bairro não tão chique como Moema, uma opção legal é investir em kitnet na Vila Mariana, que vai conseguir cumprir bem a ideia de atender aos mais diversos públicos.

Investimento a curto e longo prazo

Além disso, esse tipo de residência é uma ótima opção para o público investidor que busca no imóvel uma rentabilidade de locação, ou uma venda futura. Em períodos de instabilidade financeira, o mercado imobiliário é uma grande oportunidade de investimento.

Os apartamentos compactos exigem um orçamento menor e oferecem aluguel rentável e ainda com público variado com alta demanda e maior velocidade de locação. É possível ter uma rentabilidade maior com eles, em comparação a um imóvel padrão porque os inquilinos aceitam pagar aluguéis um pouco maiores para ter acesso às vantagens que um compacto tem a oferecer.

Há ainda a opção de transformá-los em um um imóvel de temporada alugando para pessoas que viajam a São Paulo. Isso se tornou super fácil atualmente e vantajoso financeiramente graças a plataformas como AirBnB. É corriqueiro encontrar viajantes que preferem um ambiente mais aconchegante do que quartos de hotel, ou que pretendem ficar por mais tempo no local e procuram esses espaços prontos para entrar e aproveitar. E com a popularização do nomadismo digital, isso tem se tornado cada vez mais comum.

E no caso de uma futura venda os lucros também podem ser bem altos já que estes imóveis tendem a se localizar em bairros com potencial de crescimento e com melhorias em infraestrutura e locomoção, como: estações de metrô e trem, pontos de ônibus, shoppings, mercados e farmácias.

E aí, o que achou? Ficou interessado em ver algum apartamento compacto? Afinal, morar em locais com boa infraestrutura de serviços é uma questão de qualidade de vida que você merece.
Redatora fonte - Karla Buarque
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM