06 de Junho de 2020
16º/24º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Alunos da rede municipal começam a retirar material para estudo em casa

Pais devem seguir cronograma e orientações específicas de cada escola


Cada escola fará a entrega seguindo sistema próprio.


A Secretaria de Educação de Tupã deu início à entrega dos kits com atividades pedagógicas para os alunos da rede municipal de ensino não perderem dias letivos. A fim de evitar a contaminação pelo Coronavírus (Covid-19) foram adotadas várias estratégias de segurança para entrega dos kits. O material escolar foi totalmente embalado em sacos plásticos e em uma escola foi entregue pelo sistema drive thru.

De acordo com Ana Cláudia Gutiniek, diretora da EMEF "Prof. Odinir Magnani”, a retirada dos materiais é segura e rápida. "Nossos funcionários, estagiários e voluntários da FACCAT estão ajudando a distribuir os materiais e atividades do Sistema SESI (Movimento do Aprender) aos alunos da pré-escola e Ensino Fundamental”.

Cada escola fará a entrega seguindo sistema próprio. No entanto, todos os envolvidos estarão equipados com EPIs e álcool em gel.

De acordo com o secretário de Educação, Professor Valdir Berti, o projeto "Distantes Sim, Isolados Não: Família + Escola, Uma Parceria que Dá Certo!” foi estruturado em dois pilares. "O primeiro pilar foi o de replanejamento das aulas: nós elaboramos as atividades com baixo grau de dificuldade, possibilitando o ensino remoto. O segundo pilar é o suporte aos pais: com orientação para rotina de estudos, cronograma de atividades e a gravação de videoaulas. Para os pais que não têm condições de acessar esses sistemas on-line, haverá plantões presenciais”, explicou Valdir.

A diretora Ana Cláudia também ressaltou que os professores gravarão aulas ou contarão histórias para enviar por meio de aplicativos de mensagens. "As aulas foram planejadas até 18 de maio. Para os alunos do 1º ao 5º ano, a cada dia da semana uma professora enviará um áudio nos grupos on-line para direcionar as atividades”, exemplificou a diretora.
No retorno às aulas presenciais, os professores farão uma avaliação de possíveis defasagens, assegurando que o ano letivo seja cumprido dentro do prazo com o máximo de qualidade possível.

O prefeito Caio Aoqui elogiou a iniciativa da secretaria de Educação. "Parabenizo a equipe pedagógica da Rede Municipal por esse projeto inovador. Os alunos não serão prejudicados, graças ao constante acompanhamento das atividades pelas equipes das escolas”, enfatizou Caio.









Assessoria
+ VEJA TAMBÉM