21 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Etecs e Fatecs iniciam aulas online do segundo semestre letivo

Ingressantes de Etecs e todas as turmas de alunos de Fatecs começam hoje a frequentar as aulas remotas em todo o Estado

As Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais do Centro Paula Souza (CPS) iniciam nesta segunda-feira (17) o segundo semestre letivo de 2020 em formato online para as turmas ingressantes dos processos seletivos realizados em julho. Também retornam hoje às atividades os alunos dos demais módulos dos cursos superiores tecnológicos das Fatecs. Os estudantes "veteranos” das Etecs já haviam retornado do recesso na última semana. A instituição conta atualmente com cerca de 310 mil alunos, 15 mil professores e 5 mil servidores administrativos distribuídos em 223 Etecs e 73 Fatecs em todo o Estado.

As aulas online estão sendo ministradas desde o semestre passado por intermédio da plataforma Microsoft Teams. O sistema permite reunir turmas para realização de videoaulas em tempo real, gravações para acesso posterior, compartilhamento de materiais de estudo digitais, como textos, podcasts, games, animações e outros recursos. Também é possível desenvolver tarefas, interagir com colegas e professores e fazer avaliações online.

"Graças ao empenho dos professores, supervisores e gestores, conseguimos rapidamente migrar as aulas presenciais para o ambiente remoto. Todos souberam se reinventar e superar obstáculos para que os estudantes não precisassem interromper a trajetória escolar nem os sonhos de realização profissional”, afirma a diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá. Confira mensagem de boas-vindas da diretora-superintendente.

divulgação


Retomada presencial

O CPS preparou um Protocolo Sanitário Institucional com normas e procedimentos que serão adotados para a retomada responsável das aulas presenciais. Os protocolos estabelecem padrões de distanciamento social, higiene pessoal, limpeza de espaços físicos, comunicação interna e externa, além de monitoramento das condições de saúde.

O retorno deverá ocorrer gradualmente de acordo com o cumprimento de metas e critérios estabelecidos pelas autoridades de saúde do Governo do Estado. As atividades práticas e laboratoriais de concluintes do ensino profissional terão prioridade nas primeiras etapas.

Divulgação
+ VEJA TAMBÉM