07 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Secretaria de Educação do município avalia desempenho das atividades escolares à distância

96% dos alunos das escolas municipais tem realizado as atividades propostas pelos educadores.

Desde a paralisação das atividades escolares, mediante a pandemia do novo Coronavírus, a Secretaria Municipal de Educação iniciou a elaboração do projeto "Distantes sim, Isolados não: família+escola: uma parceria que dá certo!”, que oferece um panorama das etapas de planejamento da Pasta para avaliar o desenvolvimento da rede municipal de educação e atividades propostas.

De acordo com a Pasta, as etapas do projeto foram elaboradas de maneira coletiva e contaram com a participação de equipes técnicas e pedagógicas da Secretaria, da equipe de Gestores e Coordenadores das Unidades Escolares e com a colaboração e acompanhamento do Conselho Municipal de Educação (CME) e Conselho de Alimentação Escolar (CAE).

Segundo o secretário municipal de Educação, professor Valdir Berti, o trabalho teve por objetivo planejar e organizar ações voltadas para prevenção e proteção em relação ao enfretamento da COVID-19, garantindo a continuidade da aprendizagem dos alunos.

"Entendemos que todos estão passando por tempos difíceis em meio ao isolamento social. No entanto, é de responsabilidade de todos manter o distanciamento e com isso preservar a saúde dos pais, funcionários das escolas e principalmente dos alunos”, disse.

Com ajuda dos pais, crianças fazem atividades em suas casas. / Foto: Prefeitura
Com ajuda dos pais, crianças fazem atividades em suas casas. / Foto: Prefeitura
Em relação à avaliação, o Secretário explicou que primeiro foi necessário a elaboração de uma pesquisa entre os gestores das escolas e escolas/creches, para avaliarem possíveis formas de retomar as atividades on-line e proporem ações que correspondessem as necessidades do momento.

"Essa pesquisa foi elaborada pensando em cada etapa planejada para o ensino remoto e como estava sendo esse processo de desenvolvimento, a organização da rotina de estudo das crianças, as aulas enviadas aos alunos, o horário de atendimento aos pais, os plantões emergenciais; enfim, buscamos respostas para que fosse melhorado e aprimorado todo esse processo”, contou.

Valdir explicou que, como se trata de crianças, a presença dos pais e responsáveis foi fundamental na habituação do novo molde de ensino. Além disso, o secretário da Pasta disse que as secretarias das escolas buscaram estar em contato com os pais a todo o momento.

"A devolutiva dos pais tem sido um termômetro para os educadores da rede, muitos ajustes estão sendo feitos para a melhoria desse ensino remoto e, consequentemente, da aprendizagem dos alunos. Sabemos também que as dificuldades enfrentadas pelos pais são o uso dos recursos tecnológicos, bem como orientar nas atividades enviadas aos pequenos e, em alguns casos, no acesso à internet. Visto que muitas dessas questões já foram resolvidas”, contou.

Segundo os dados atualizados e divulgados pela Pasta responsável, 96% dos alunos das escolas municipais tem realizado as atividades propostas pelos educadores. Já os dados relacionados às escolas/creches e escolas de segundo turno, 80% tem realizado.

A Pasta informou ainda, que os levantamentos são essenciais para replanejamento e superação dos desafios que aparecem durante o percurso e que a Secretaria logo fará uma nova avaliação, para verificar a eficácia dos planos já colocados em prática pelas Unidades de Ensino.

O Secretário aproveitou para agradecer o empenho de todos e principalmente pela compreensão e dedicação dos pais e responsáveis. "A compreensão e dedicação dos pais está sendo essencial nesta nova etapa da educação em nosso município. Somente com esta parceria entre o Executivo e os responsáveis somos capazes de mantermos essas atividades”, agradeceu.

O prefeito Caio Aoqui também ressaltou a importância da parceria entre os pais e a Administração, fazendo com que o ensino siga mesmo em meio a pandemia. "Desde o início da elaboração das etapas para dar continuidade ao ensino nas escolas, pedimos o apoio e a compreensão dos pais e responsáveis. Isto porquê o incentivo deles é ainda mais importante para as crianças, que necessitam de uma figura madura para apreenderem melhor”, ressaltou.


Assessoria de Imprensa
+ VEJA TAMBÉM