04 de Dezembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Verba da merenda escolar será revertida em cestas básicas para alunos do município

Anúncio foi feito pela prefeitura em coletiva de imprensa nesta segunda-feira

A Secretaria Municipal de Educação vai destinar os recursos que seriam para o preparo de merenda para alunos da rede municipal, para a compra de produtos alimentícios.

Desta forma, poderão ser montadas cestas básicas para atender alunos que tenham necessidade. Quem já tem cadastro no Cadastro Único, será favorecido automaticamente.

No entanto, de acordo com o secretário municipal de Educação, Valdir Berti, os diretores das escolas municipais ficarão encarregados de analisar a situação de cada família e cadastrá-las para o recebimento das cestas, caso necessário.

Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (20) o prefeito Caio Aoqui e o secretário de Educação explicaram que o executivo dispõe de R$ 105 mil que é utilizado pela Cozinha Piloto para o preparo das merendas que são distribuídas nas escolas da rede municipal.

No entanto, com as aulas suspensas devido à pandemia do coronavírus, as merendas não estão sendo preparadas.

Aoqui explicou que, diferente do que ocorre na rede estadual, em que os alunos recebem do governo um "Kit Merenda" no valor de R$ 55, o município não pode repassar valores em espécie às famílias.

"Não podemos repassar na forma de dinheiro ou marmita pronta. Um decreto federal deixa claro que o dinheiro das merendas só pode ser usado para aquisições de gêneros alimentícios e cestas básicas", explicou.

As cestas básicas serão confeccionadas na Cozinha Piloto e o setor de transporte levará os itens para as escolas, onde, seguindo orientações de cada núcleo de ensino, os pais ou responsáveis pelos alunos poderão fazer as retiradas.

Assista à íntegra da coletiva, transmitida pelo Tupacity.com:



Redação Tupacity
+ VEJA TAMBÉM