14 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » ESPORTE

Atleta de Paraguaçu Paulista é o melhor brasileiro na São Silvestre

Daniel Ferreira do Nascimento corre por equipe de Bauru (SP) e chegou na 11ª colocação

A 95ª edição da Corrida de São Silvestre, disputada na manhã desta terça-feira, em São Paulo, foi especial para o Centro-Oeste Paulista, que festejou o resultado do atleta Daniel Ferreira do Nascimento, de Paraguaçu Paulista, o melhor brasileiro na classificação geral. Daniel Nascimento, de 21 anos e que corre por uma equipe de Bauru, largou no pelotão de elite e chegou na 11ª colocação, com o tempo de 46min32s.

A prova foi vencida de forma espetacular pelo queniano Kibiwott Kandie, que cruzou a linha de chegada com o tempo de 42min59s, após uma arrancada nos metros finais para ultrapassar Jacob Kiplimo, de Uganda. A marca anterior, de 1995, pertencia a Paul Tergat, com 43min12s.

Após a entrevista coletiva, Daniel Nascimento aproveitou para agradecer os torcedores de Paraguaçu Paulista e de Bauru, e relembrou a decepção sofrida na prova do ano passado, quando precisou abandonar antes da chegada.

Divulgação - Daniel Ferreira do Nascimento, de Paraguaçu Paulista, foi o melhor brasileiro na classificação geral
Daniel Ferreira do Nascimento, de Paraguaçu Paulista, foi o melhor brasileiro na classificação geral


– No ano passado acabei abandonando, mas agora eu estava muito bem preparado e confesso que foi muito gratificante poder ser o melhor brasileiro nesta tradicional prova – disse o atleta enquanto exibia seu troféu na sala de entrevistas.

Para a prova deste ano, o corredor paraguçuense chegou com o grande desafio de quebrar a má fase dos atletas brasileiros, que não vencem a maior corrida de rua da América de Sul desde 2010, ano em que Marílson Gomes dos Santos sagrou-se tricampeão – antes, havia vencido em 2003 e 2005.

Daniel Nascimento sequer figurava entre as principais "promessas” brasileiras, numa lista que tinha nomes como Daniel Chaves da Silva, top 15 na Maratona de Londres deste ano e garantido na qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e Wellington Bezerra, 18º na Maratona de Hamburgo e vice da Maratona Internacional de São Paulo, em 2018.

Globo Esporte
+ VEJA TAMBÉM