05 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Local

Assinado Projeto de Lei que propõe pró-labore à Polícia Militar em Tupã

Policiais receberão gratificação ao realizarem a fiscalização e o policiamento de trânsito

Assinado Projeto de Lei que propõe pró-labore à Polícia Militar em  (Cedida pela Prefeitura de Tupã)
Assinado Projeto de Lei que propõe pró-labore à Polícia Militar em (Cedida pela Prefeitura de Tupã)


Nesta segunda-feira (5), o prefeito Caio Aoqui assinou o Projeto de Lei nº 68/2022, que estabelece o valor de pagamento de gratificação mensal, a título de pró-labore para os policiais militares que realizarem a fiscalização e o policiamento de trânsito e tráfego nas vias e estradas do município, em decorrência de convênio de trânsito em vigor, celebrado entre a Prefeitura de Tupã e o Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado dos Negócios da Segurança Pública.

A cerimônia de assinatura do projeto que institui o pró-labore foi realizada no Teatro Municipal "José Antônio Parra Gomes". O evento teve a presença do comandante da 2ª Cia. de Polícia Militar em Tupã, capitão André Vander; do comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar do Interior em Marília, Mário Sérgio Nonato; e do comandante do Comando de Policiamento do Interior (CPI-4), coronel PM Hudson Covolan.

Após a assinatura, o Projeto de Lei nº 68/2022 foi encaminhado para ser votado na Câmara Municipal. O prefeito Caio Aoqui elogiou o trabalho da Polícia Militar e destacou que o pró-labore é uma forma de reconhecer os excelentes serviços prestados pelos policias à população. "A implantação do pró-labore traz melhorias na política de trânsito da cidade, pois permite que a Polícia Militar atue também na fiscalização e policiamento do trânsito".

A implantação do pró-labore também foi indicada pelo vereador e 2º secretário da Mesa Diretora do Poder Legislativo, Augusto Fresneda Torres, "NINHA". "Esse é o reconhecimento do trabalho dos policiais militares. Tenho certeza que isso ajudará a dar mais segurança à população, especialmente no trânsito de nossa cidade". 

Estudos desenvolvidos pela Polícia Militar de Tupã concluíram que 80% das ocorrências de acidentes de trânsito com mortes aconteciam em três ruas do município. Desde então, a instituição trabalha junto à prefeitura para minimizar os riscos e melhorar o tráfego de veículos na cidade.

"Iniciamos um trabalho para tentar fazer com que essas vias sejam melhores sinalizadas por parte da prefeitura e melhores fiscalizadas por parte da Polícia Militar para tentar reduzir esses acidentes com resultados de mortes", afirmou capitão André Vander.

Segundo o presidente da Câmara, vereador Eduardo Shigueru, o Poder Público tem trabalhado para melhorar as condições de serviço dos policiais. Com a união de esforços, foi possível trocar toda a frota de veículos e o armamento de pistolas glocks da Polícia Militar de Tupã.  

Os investimentos servem para melhorar a segurança pública do município e contribuir com as condições de serviço dos policiais, que trabalham em turnos de 12 horas; carregam 11 kgs de equipamentos diariamente no turno de serviço; precisam depor nos dias de folga, no fórum ou na delegacia, sobre as ocorrências atendidas; além de arriscarem a vida em prol da população. Por isso, ter uma valorização no aporte financeiro é fundamental para os policiais, conforme explica o coronel PM Hudson Covolan.

"Com o pagamento da atividade de pró-labore, o policial militar poderá abrir mão dos momentos que ele se inscreve voluntariamente para fazer escalas extras, sem perder o aporte financeiro e, assim, poder tirar um lazer com a família, descansar o corpo e a mente para estar em condições de bem atender a população", afirmou o coronel.

De acordo com o comandante Mário Sérgio Nonato, Tupã está entre os melhores municípios do país nos âmbitos de segurança e qualidade de vida. Para ele, os dados evidenciam o bom trabalho desempenhado pelos policiais na cidade e, por isso, a valorização serve de incentivo.

"Um projeto desse só vem mostrar ao policial que ele está no caminho certo. É uma valorização importante aos abnegados policiais que trabalham de dia, à noite, de madrugada, no frio e na chuva. Enquanto as pessoas estão descansando, os policiais estão na rua", destacou o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar do Interior em Marília.
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM