12 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Baixada da Rua Caingangs ficará interditada nesta semana para obras da macrodrenagem

As obras de macrodrenagem começam a avançar no braço esquerdo do Córrego Afonso XIII, no trecho entre a Rua Caingangs e Manoel Ferreira Damião.

As obras de macrodrenagem começam a avançar no braço esquerdo do Córrego Afonso XIII, no trecho entre a Rua Caingangs e Manoel Ferreira Damião.

Na baixada da Rua Caingangs, já é possível observar aduelas de concreto formando o trecho da canalização que dará vazão para as águas pluviais que atingem a região ribeirinha nos períodos de chuvas, com registros de enchentes e erosões.

Nesta semana, a baixada da Caingangs ficará interditada para as obras. O secretário municipal de Obras e Trânsito, Valentim Bigeschi, disse ao Tupacity.com que a previsão inicial é de que o local fique interditado até sexta, se não surgir nenhum imprevisto.

Vale lembrar que a região ainda está classificada como área de risco. E, para evitar possíveis acidentes, a Prefeitura de Tupã já transferiu algumas famílias de suas residências por meio de desapropriações.
Baixada da Rua Caingangs ficará interditada nesta semana para obras da macrodrenagem
Baixada da Rua Caingangs ficará interditada nesta semana para obras da macrodrenagem

Mas somente a instalação das aduelas não será suficiente para canalizar as águas do córrego nos períodos de chuvas. O secretário Municipal de Obras e Trânsito, Valentim Bigeschi, explicou que o projeto contemplará novas obras, com a instalação de tubulações de concreto.

"Vamos criar uma nova rede, com galerias de 1,80 metro de diâmetro para dar maior vazão. A tubulação será instalada na Rua Caingangs, com o ramal passando pela Rua Manoel Ferreira Damião, até a ponte localizada logo depois, na curva do leito”, afirmou.

O braço esquerdo também conta com obras de aterramento no trecho de 180 metros entre as ruas Manoel Ferreira Damião e Francisco Turra, que hoje apresenta erosões colocando em risco a segurança dos moradores ribeirinhos. Durante os períodos de chuva, o leito do córrego se avoluma, praticamente invadindo as residências e comprometendo a estrutura dos imóveis que estão construídos às margens do córrego.

Segundo informações da prefeitura, a canalização do braço esquerdo terá sequência até as proximidades da Rua Miguel Gantus com a Rua Aimorés.

Redação Tupacity/Com informações Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM