28 de Novembro de 2022
20º/30º
Notícias - Local

Homem é detido em Tupã por porte de arma de fogo no dia da eleição

Regra proibia porte de arma de fogo a menos de 100 metros das zonas eleitorais inclusive para o cidadão que tem porte legalizado.

O dia de votação foi considerado considerado tranquilo, tanto na Polícia Civil quanto na Polícia Militar. "Foi um dia bem atípico, não tivemos nenhuma intercorrência, de bastante calma", destacou Milena Davoli, delegada de plantão.

Apenas uma ocorrência foi registrada. Uma pessoa foi presa pela Polícia Militar por porte de arma de fogo. "Tivemos apenas o registro de uma prisão por porte de arma de fogo, tendo em vista que estamos em um período em que nem os colecionadores, atiradores e caçadores podem fazer o transporte de armas, mas nada relacionado às eleições", disse a dra Milena durante cobertura ao vivo das eleições feita pelas Rádios Tupã e Nova Tupã em parceria com o TupãCity.

Ainda de acordo com a delegada homem ficou detido por porte de arma e por fornecimento de bebida alcoolica para menor de idade.

Transporte proibido

Foi aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral uma regra a que proíbe o porte de arma de fogo a menos de 100 metros das zonas eleitorais. A decisão dos ministros valia para o dia do pleito e para as 48 horas antes ou 24 horas depois da votação, inclusive para o cidadão que tem porte legalizado.

Assista à entrevista da delegada Milena Davoli


Redação TupãCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM