05 de Junho de 2020
15º/27º
NOTÍCIAS » LOCAL

Morre aos 56 anos o jornalista e colunista social tupãense Ditto

Tupã perdeu na tarde deste domingo, dia 17 de maio, um dos mais conhecidos e respeitados representantes da imprensa tupãense, o jornalista Expedito de Oliveira, conhecido por 'Ditto'.

Tupã perdeu na tarde deste domingo, dia 17 de maio, um dos mais conhecidos e respeitados representantes da imprensa tupãense, o jornalista Expedito de Oliveira, conhecido por 'Ditto'.

Ele faleceu na Santa Casa de Tupã, por problemas decorrentes da diabetes, doença que enfrentava há vários anos
Com 56 anos completados no último dia 9 de abril, Ditto exerceu uma longa carreira à frente do jornalismo tupãense, sendo muito conhecido por sua participação em eventos sociais e a edição diária, por mais de 25 anos de uma coluna social que leva seu nome no Jornal Diário de Tupã.

Ditto estava internado desde a última sexta-feira no Hospital Santa Casa, onde passou por cirurgia para tentar reverter um quadro de trombose. A situação do "colega" infelizmente se agravou, evoluindo para óbito.
Morre aos 56 o jornalista e colunista social tupãense Ditto
Morre aos 56 o jornalista e colunista social tupãense Ditto

Ditto especializou-se em retratar os eventos mais importantes de Tupã e Região e fotografar personalidades que se destacam na cidade, em todas as esferas.

Nos últimos anos Ditto também prestava assessoria empresarial, atuando no Grupo Visão, Cachaçaria Agua Doce, entre outros.

Muito querido, Ditto também apresentava suas análises no rádio tupãense e TV Câmara, onde fazia questão de emitir suas opiniões acerca dos principais problemas locais e cobrar as autoridades.

Redação Tupacity/Com informações jornalista José Rogerio da Silva
+ VEJA TAMBÉM