19 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã

Em Tupã, a qualidade do ar foi considerada ruim nos últimos dias e a umidade relativa do ar tem ficado crítica nos últimos dias, gerando diversos alertas da Defesa Civil.

A combinação de baixa umidade relativa do ar, temperaturas elevadas e fumaça proveniente de queimadas, deixa o corpo mais suscetível a doenças, principalmente, as que afetam o aparelho respiratório.

Em Tupã, a qualidade do ar foi considerada ruim nos últimos dias e a umidade relativa do ar tem ficado crítica nos últimos dias, gerando diversos alertas da Defesa Civil. Nesta quarta-feira (16), por exemplo, a umidade fica entre 20% a 30%, abaixo do recomendado.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade do ar abaixo dos 30% traz riscos para saúde. O ideal é que ela fique entre 50% e 80%. Outro fator que contribui para os efeitos negativos do clima é a poluição e as queimadas, que aumentam no período seco.

A falta de chuvas propicia a concentração de gases nocivos na atmosfera como o monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio, dióxido de enxofre e outras substâncias prejudiciais à saúde.

O município de Tupã sofre diariamente com diversos pontos de queimadas espalhados pela cidade. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os chamados para combater incêndios aumentaram nos últimos dias.

Nesta semana, um grande incêndio chamou atenção de moradores na Rua Guatemala. Moradores compartilharam as imagens nas redes sociais.

População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã
População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã

População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã	/Foto: Redes sociais
População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã /Foto: Redes sociais


Vale reforçar que isso é crime e pode ser denunciado à Polícia Militar (PM) pelo 190. Os bombeiros também podem ser acionados. Ainda tem aquelas pessoas que colocam fogo em acumulados de lixo próximos de mata. se a pessoa for pega, ela pode pegar de dois a cinco anos de prisão, dependendo do dano e da área destruída.

O principal fator de incêndio continua sendo a ação humana, seja direta ou indiretamente. Grande parte dos incêndios em vegetação poderiam ter sido evitados. A população costuma colocar fogo para realizar limpeza de terrenos e acaba perdendo o controle rapidamente, podendo atingir até residências.

População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã /Foto: Arquivo Tupacity
População sofre com queimadas e tempo seco em Tupã /Foto: Arquivo Tupacity


Cuidados que devem ser tomados

- Não inicie queimadas, principalmente próximo a áreas de vegetação;
- Não queime lixo, terrenos ou pastagens;
- Não jogue bitucas de cigarro na mata, nas ruas ou em beira de estradas;
- Não deixe garrafas de vidro em áreas de vegetação (o sol faz o efeito lupa e pode iniciar um incêndio).
Redação Tupacity
+ VEJA TAMBÉM