27 de Janeiro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Prefeitura de Tupã e TJSP abrem inscrições para Apadrinhamento Afetivo

Objetivo é proporcionar experiências afetivas às crianças e adolescentes da Casa Abrace

Em dezembro, terá início o programa de Apadrinhamento Afetivo de Tupã que tem o objetivo de proporcionar momentos e referências familiares, comunitárias e de carinho às crianças e aos adolescentes que vivem em situação de acolhimento institucional e sem possibilidade reintegração familiar ou colocação em família adotiva.

O Apadrinhamento Afetivo é promovido pela Secretaria de Assistência Social do município, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) e Casa de Acolhimento Abrace.

Conforme a coordenadora do Creas, Jaqueline Fernanda Vieira, para ser padrinho ou madrinha é necessário ter disponibilidade para participar afetivamente da vida de uma criança ou adolescente; ter idade mínima de 21 anos, sendo que a diferença de idade entre inscrito e afilhado(a) precisa ser de 16 anos; os padrinhos ou madrinhas podem ser casados ou solteiros, contanto que residam em Tupã.

Em relação às crianças e adolescentes, o programa é voltado àqueles que estejam na Casa Abrace, tenham mais de sete anos, e que estão com situação jurídica definida, que não possam retornar para família de origem ou tenham possibilidade de colocação em família adotiva.

"Esta é a segunda edição do Apadrinhamento Afetivo. Tivemos a primeira turma de padrinhos no ano passado. E o Creas se coloca à disposição para fornecer informações referentes à documentação para cadastramento de candidatos a padrinho ou madrinha e para conhecer mais da iniciativa”, informou Jaqueline.

As inscrições estarão abertas de 1º a 30 de dezembro, das 7h às 17h, no CREAS, Rua Goitacazes - 654, telefone (14) 3491-5370.
Prefeitura de Tupã
+ VEJA TAMBEM