03 de Outubro de 2022
20º/30º
Notícias - Local

Solar "Luiz de Souza Leão" poderá ser reaberto no mês que vem

A tradicional cerimônia em memória de Luiz de Souza Leão, fundados do município, será às 9h do dia 21 de setembro, no Solar localizado na rua Caingangs, 600.

Solar
Solar "Luiz de Souza Leão" poderá ser reaberto no mês que vem - Foto: Reprodução


O Solar "Luiz de Souza Leão", que está fechado há mais de dois anos e meio, passa por adequações e pode ser reaberto para visitação no mês que vem, segundo explicou o subsecretário de Cultura, Luís Carlos dos Passos Sanches.

"Estamos terminando os reparos no muro e depois na casa do caseiro. Na sequência, vamos começar a parte de pintura. Acredito que para o aniversário da cidade (no dia 12 de outubro) consigamos abrir para visitações", afirmou.

Vale lembrar que, por se tratar de um local tombado pelo governo estadual, as adequações no Solar são mais lentas, devido à burocracia. É preciso ter cuidado para não descaracterizar o espaço.

Nesta quarta-feira, dia 21, junto ao Dia da Árvore, o município de Tupã também relembrará os 42 anos da morte de seu fundador, Luiz de Souza Leão. A tradicional cerimônia será às 9h do dia 21 de setembro, no Solar "Luiz de Souza Leão", localizado na rua Caingangs, 600.

A data é celebrada anualmente, com programações no Solar, inclusive com plantio de uma muda de árvore, já que o fundador de Tupã era um grande apreciador da natureza. Em sua antiga residência é possível observar a presença de centenas de árvores de diversas espécies, as quais Souza Leão cultivava com muito carinho.

Solar

O Solar "Luiz de Souza Leão", localizado na quadra entre as ruas Caingangs, Coroados, Guaianazes e Guaranis, foi a residência do fundador da cidade. Construída em 1935, teve parte de seu terreno doado para a construção do atual prédio do Museu Histórico e Pedagógico "Índia Vanuíre", que foi entregue na manhã do dia 21 de setembro de 1980.

Em 18 de julho de 1972 foi publicado no Diário Oficial o tombamento do prédio que desde 1964 havia sido solicitado por Luiz de Souza Leão e, quando da sua morte, o Solar seria doado à prefeitura, tombado e sediaria o Museu "Índia Vanuíre".

Um dos sonhos do fundador da cidade era a entrega do Museu Histórico e Pedagógico "Índia Vanuíre" em vida. Outro sonho do fundador era que seu corpo fosse sepultado no quintal de sua casa (Solar) e esse desejo foi realizado.

Um fato curioso é que o museu foi inaugurado na manhã do dia 21 de setembro de 1980 e, no mesmo dia, durante a tarde, foi dada a notícia do falecimento do fundador da cidade, com 79 anos de idade. Além disso, é importante lembrar que ele morou no Solar até seu falecimento.
Diário de Tupã
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM