08 de Março de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Thermas: imóvel ainda está sendo oferecido para instalação de empresas

Até o momento, nenhum projeto foi apresentado para se instalar no local, não havendo ainda uma previsão para a normalização da situação econômica do Brasil e do mundo.

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) fez com que possíveis investimentos fossem interrompidos no município, principalmente na área industrial para geração de novos empregos. Tal quadro ainda deve perdurar por algum tempo.

Antes da pandemia começar, a proposta do Poder Executivo foi oferecer áreas do município, inutilizadas, para instalação de novas empresas, como é o caso do imóvel onde funcionava o antigo Thermas, no prolongamento da Rua Brasil.

Sem a intenção de reativar o clube termal, a Prefeitura de Tupã estudou outra destinação para o imóvel que permanece abandonado. A proposta é fazer com que o terreno perca sua finalidade turística para beneficiar a indústria.

Até o momento, nenhum projeto foi apresentado para se instalar no local, não havendo ainda uma previsão para a normalização da situação econômica do Brasil e do mundo.

Projeto
Há cerca de um ano, a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei Complementar nº 22/2019, de autoria do prefeito Caio Aoqui (PSD), que autoriza a venda do terreno do antigo Thermas. O terreno de 14,52 hectares poderá ser adquirido por empresas interessadas em realizar novos investimentos no município.



E, segundo informações, na época investidores tinham demonstrado interesse em utilizar a área para instalação de novas empresas.

De acordo com o projeto de lei, ao adquirir o imóvel a empresa terá que gerar, no mínimo, 50 empregos formais diretos, com a contratação de pelo menos 80% de trabalhadores residentes no município.

A empresa terá até cinco anos para dar entrada no projeto e, se não fizer, o terreno será retomado pela prefeitura.

A proposta é que o local possa se transformar em um novo parque industrial, com a instalação de novas empresas.

Cabe ressaltar que os novos investimentos empresariais deverão acontecer após a pandemia, quando os setores da economia estiverem recuperados dos efeitos da crise.
Diário Tupã
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM