21 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Tiro de Guerra: atiradores aumentam participação em ações sociais

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Tiro de Guerra de Tupã (TG 02-043) teve que readequar suas atividades para evitar a contaminação de seus atiradores e a disseminação do vírus no município.

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Tiro de Guerra de Tupã (TG 02-043) teve que readequar suas atividades para evitar a contaminação de seus atiradores e a disseminação do vírus no município.

Com o avanço da doença, crise na economia e intensificação das ações de distanciamento social, o Tiro de Guerra tem direcionado seus trabalhos com prestação de serviços.

A pandemia atingiu, principalmente, famílias vulneráveis socioeconomicamente que, para superar a crise, estão contando com o apoio da população, entidades e grupos solidários por meio de campanhas de arrecadação de alimentos.

O sargento Juarez da Silva Nunes, chefe de instrução do Tiro de Guerra, explicou que houve uma demanda ainda maior por esses serviços, neste ano. "Temos participado praticamente de todas as arrecadações que estão acontecendo na cidade”, afirmou.

Resgate

O sargento explicou que os atiradores ainda participaram, na manhã de ontem, de uma ação em conjunto com o Corpo de Bombeiros e Sicoe (Sistema Integrado de Comando e Operações em Emergências), da cidade de Marília, na busca do corpo do senhor Elias Nogueira, que estava desaparecido há três dias, sendo encontrado morto próximo à Fazenda Santa Estela.

"Realizamos a retirada do corpo junto com os bombeiros, o qual estava em uma área com certa dificuldade de acesso e distante da estrada, e realizamos o transporte do corpo até o sítio de um empresário onde os familiares estavam aguardando”, disse.

Atividades

Apesar da pandemia, Nunes explicou que o Tiro de Guerra continua com o trabalho normal de instrução, porém, com efetivo reduzido em sistema de rodízio nas atividades internas. "Estamos com um pelotão por dia, mantendo todas as precauções de higiene, limpeza, em prevenção ao coronavírus”, afirmou.

Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM