16 de Setembro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Tupã já tem mais celulares do que habitantes

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) contribuiu para que o número de celulares em Tupã ultrapassasse a quantidade de habitantes, no período de dois anos.

Segundo dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), em junho de 2019 o município tinha 59.861 celulares. Já no mês de junho deste ano, a agência registrou um aumento de 13,20% no número de acessos, contabilizando um total de 67.764 celulares no município. O número representa uma média de 1,03 aparelho por pessoa, levando em consideração os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que estima uma população de 65.615 habitantes no município em 2021.

O número de acessos aumentou em todos os cenários da telefonia móvel. A quantidade de celulares pós-pago teve um aumento de 18,46%, passando de 34.472 chip ou conta em junho de 2019, para 40.838 em junho deste ano; pré-pago, aumento de 6,05%, passando de 25.389 em junho de 2019, para 26.926 em junho deste ano; tecnologia 4G, aumento de 31,67%, passando de 41.643 acessos em junho de 2019, para 54.833 em junho deste ano; pessoa física, aumento de 4,98%, passando de 57.278 acessos em junho de 2019, para 60.131 acessos em junho deste ano; e pessoa jurídica, passando de 2.583 acessos em junho de 2019, para 7.633 acessos em junho deste ano.

A Anatel destaca que a tendência do aumento no número de acessos ocorre a nível nacional. "Com isso, houve uma inversão da tendência de queda que vinha marcando esse tipo de serviço desde 2015, quando o Brasil bateu os 284,17 milhões de acessos. O número, acima da população nacional, ocorre pelo fato de parte das pessoas ter mais de um acesso, ou seja, mais de um chip ou uma conta de telefone celular", afirmou.

Na avaliação da Anatel, esse acréscimo teve relação com a pandemia do novo coronavírus. "Com a transferência forçada de atividades para a modalidade online, em especial as aulas de crianças e de adolescentes, houve um aumento na compra de dispositivos para permitir a realização dessas atividades. O celular é o dispositivo mais barato de acesso à internet, e muitos desses aparelhos já são vendidos atrelados à contratação de um novo plano", diz o relatório.

Operadoras

Segundo os dados da Anatel, a Vivo ainda é a operadora de maior preferência dos tupãenses, com 56.097 acessos (82,78%); Claro, 7.010 acessos (10,34%); TIM, 2.746 acessos (4,05%); e OI, 1.911 acessos (2,82%).


Diário Tupã
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM